Voltar

Atividade física: leve, moderada ou intensa? - Dezembro/2018

Atividade física: leve, moderada ou intensa? - Dezembro/2018

Atividade física: leve, moderada ou intensa? - Dezembro/2018

1º Dezembro 2018

Você sabia que para cada faixa etária há uma recomendação de atividade física? Descubra mais e saia já do sedentarismo.

Os benefícios de manter o corpo em movimento vão além de eliminar peso. Nadar, correr ou simplesmente caminhar é saudável para a mente, o corpo, o coração e demais órgãos. Isso porque enquanto mantemos o nosso corpo ativo, eliminamos toxinas, reduzimos o colesterol “ruim” (LDL), aumentamos o colesterol “bom” (HDL), evitamos o acúmulo de gordura, melhoramos o sistema cardiorrespiratório, aumentamos nossa disposição e autoestima, entre outras vantagens.

Para cada etapa da nossa vida, há um tipo de recomendação. Mas, independentemente disso, antes de iniciar qualquer atividade é importante procurar o médico, que poderá avaliar as condições físicas e indicar os exercícios mais recomendadas de acordo com a sua saúde.

Crianças e adolescentes

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), crianças e adolescentes dos 5 aos 17 anos devem participar de brincadeiras, jogos, esportes, educação física e atividades que envolvam recreação e locomoção tanto com a família, amigos e colegas. É desejável que a duração das atividades físicas seja de pelo menos 60 minutos por dia, ou de três a cinco horas por semana. Elas podem ser moderadas ou mais intensas.

Adultos e idosos

Para a faixa etária dos 18 aos 64 anos, a OMS recomenda 150 minutos de atividade moderada por semana ou 75 minutos de atividade intensa.
Entre as alternativas estão caminhar, pedalar, fazer serviços domésticos, praticar jogos e esportes. As atividades devem ser realizadas em períodos de no mínimo 10 minutos de duração.

A partir dos 65 anos, a OMS recomenda a atividade física moderada, de preferência em grupo e, no mínimo, três dias por semana. A intensidade vai depender das condições físicas e da mobilidade de cada um. Em geral, são suficientes 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de atividade intensa por semana.

Fazer atividade física pode interferir positivamente em fatores como hipertensão, níveis de colesterol, diabetes e obesidade. Porém, no Brasil, a pesquisa Vigitel Brasil 2016 revelou que apenas 37,6% das pessoas praticam atividade nas horas livres.

 


Saúde Ocupacional