Começa hoje (25) a campanha de vacinação contra a influenza

Começa hoje (25) a campanha de vacinação contra a influenza

A campanha de vacinação contra a influenza será realizada entre os dias 25 de abril e 13 de maio. Serão imunizados idosos com 60 anos ou mais de idade, profissionais de saúde dos estabelecimentos que fazem atendimento direto à população, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de dois anos e gestantes, o que representa cerca de 1,6 milhões de pessoas no Estado. A meta é vacinar 80% deste público.

A imunização estará disponível em mais de 2,2 mil postos de vacinação nos 399 municípios. No dia 30 de abril (sábado) será realizado o dia de mobilização nacional. A vacinação será em dose única para todos os públicos, com exceção das crianças que receberão a vacina em duas doses. A primeira será aplicada durante a campanha e a segunda 30 dias após a vacinação da primeira.

"Os outros grupos como crianças de dois a menores de cinco anos, doentes crônicos, adultos saudáveis de 20 a 39 anos que receberam a dose da vacina contra a influenza H1N1 no ano passado, não precisarão se vacinar novamente porque já estão imunes", explica o superintendente de Vigilância  em Saúde, Sezifredo Paz. Ele diz que não há justificativa técnica para imunizar toda a população. "2010 foi um ano diferente, pois vivíamos uma pandemia de gripe. Além disso, não foram observadas epidemias de gripe no hemisfério norte que possam refletir no hemisfério sul neste inverno", enfatizou.

A vacinação só é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática prévia ou alergia severa ao ovo de galinha ou seus derivados, assim como a qualquer componente da vacina e também para pessoas que apresentaram reações anafiláticas graves a doses anteriores. No entanto, a Secretaria da Saúde recomenda que as pessoas que estiverem com doenças agudas febris moderadas ou graves devem adiar a vacina até que o quadro seja solucionado.

Doação de sangue - o Ministério da Saúde (MS) recomenda que seja respeitado o intervalo de 48 horas após a aplicação da vacina para a coleta de sangue.


Unimed Costa Oeste

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde do Paraná