Voltar

2ª Mostra de Arte encerra as atividades de 2019 do Programa Viver Melhor

2ª Mostra de Arte encerra as atividades de 2019 do Programa Viver Melhor

2ª Mostra de Arte encerra as atividades de 2019 do Programa Viver Melhor

18 Dezembro 2019

Emoção e sentimento de união marcaram a 2ª Mostra de Arte do Viver Melhor, realizada na tarde de ontem (18.12) no Espaço Cuidar. O evento que encerrou as atividades deste ano do programa desenvolvido pelo Núcleo de Medicina Preventiva da Unimed Cuiabá – Viver Bem contou com feirinha para exposição e comercialização dos artesanatos produzidos nas turmas de Arteterapia e Cantata de Natal, com apresentação do Coral da Terceira Idade da Unimed Cuiabá.

A médica geriatra e coordenadora do Programa Viver Melhor, Dra. Waltyane Poussan, explicou que além e desenvolver as funções cognitivas dos idosos, como memória, coordenação motora e habilidades manuais, as atividades da Arteterapia estimulam a sociabilidade.

“Os materiais que estão expostos aqui não são só produtos feitos à mão, eles trazem todo o afeto, o amor, a união e o reflexo da convivência do dia a dia desses grupos. Aqui, eles acabam virando uma família, onde um ajuda o outro a superar as dificuldades. Na Mostra, os amigos e familiares vem prestigiar o trabalho deles e todos confraternizam. Esse é, na verdade, nosso maior presente de Natal”, completou a coordenadora.

Mauro Rodrigues de Carvalho, de 70 anos, e sua esposa Célia Lucia de Carvalho, de 66 anos, fazem parte do grupo de 18 idosos que compõem o Coral. Mauro foi encaminhado ao programa pela geriatra após sofrer um AVC e ficar com sequelas motoras e na fala que o levaram ao quadro depressivo. Hoje, após quatro meses de atividades, conta que se sente revigorado.

“Eu fico feliz de estar entre essas pessoas e poder aprender e me divertir com elas. Nesse grupo eu vi gente que entrou muito debilitada e que sentia que não tinha mais valor na vida, mas depois que chegou aqui, a vida mudou. Eu tive sequelas na fala por causa do AVC, não tinha dicção, hoje tô falando bem e até cantando. Então, esse trabalho da Unimed é maravilhoso, muito bonito”, contou animado.

Célia lembra que além da saúde física, o programa contribui com a melhoria da saúde mental e emocional.  “Vim de acompanhante, gostei e fiquei. A gente passava muito tempo sozinhos em casa, que dava até desânimo. Agora melhorou, porque fizemos amigos, temos convívio com outras pessoas. A gente fica até meio ansioso em casa agora, já esperando a segunda-feira chegar pra gente poder vir, porque é muito bom”, concluiu.

Viver Melhor – O programa oferece gratuitamente diversas atividades de convivência e exercícios físicos orientados, como arteterapia, inclusão digital, coral, hidroginástica, prevenção de quedas, academia e pilates, com o objetivo de estimular a autonomia, promover inserção social e qualidade de vida, além de monitorar o estado geral da saúde do idoso. Atualmente, o programa atende cerca de 2.200 de beneficiários da Unimed Cuiabá com mais de 60 anos. Para mais informações, acesse o hotsite do Viver Bem ou ligue (65) 3612 – 8848.

 


Mel Mendes - Assessoria de Comunicação