Voltar

Cuidados importantes na gestação

Cuidados importantes na gestação

A gestação costuma ser um momento muito especial para a mulher. Saiba quais cuidados são importantes para garantir a saúde da mamãe e do bebê

Cuidados importantes na gestação

16 Março 2018

Os cuidados com a gravidez têm início antes mesmo da concepção. Toda mulher que deseja engravidar deve conversar com seu ou sua ginecologista, que irá indicar os exames pré-concepcionais, assim como a eventual suplementação de vitaminas e nutrientes, como o ácido fólico, indicado para evitar as más-formações do tubo neural do bebê (meningocle, espinha bífida e outros). A alimentação equilibrada ajudará a manter mamãe e bebê saudáveis durante todo o período. Veja quais os principais cuidados ao longo da gravidez.

 

Pré-natal

O pré-natal tem início com o resultado positivo do teste de Beta HCG, que confirma a gravidez. A ida regular ao ginecologista garantirá que todos os exames, acompanhamentos e imunizações necessárias sejam realizadas. Exames como hemograma, glicemia, tipo sanguíneo e fator RH, HIV, rubéola, toxoplasmose, sífilis, Hepatite B e C, Papanicolau e ultrassom são alguns dos exames solicitados no primeiro trimestre de gestação. O médico também acompanhará o desenvolvimento do bebê e poderá solicitar outros exames mais específicos de acordo com a necessidade. Portanto, o pré-natal é indispensável para a saúde da gestante e do bebê.

 

 

Alimentação balanceada

A alimentação equilibrada fornecerá os nutrientes que o bebê e a mamãe necessitam no período da gestação. O cardápio, portanto, deve conter proteínas; ferro, presente nas leguminosas como feijão, grão-de-bico e soja; vitaminas do complexo B encontradas no tomate, ervilha e brócolis; cálcio, presente no leite, iogurte e queijos; e grãos e cereais. As fibras também são essenciais, pois auxiliam no funcionamento do intestino. Evite alimentos com excesso de açúcar, sal, gorduras e aditivos químicos. A alimentação deve ser sempre bem cozida e as frutas lavadas corretamente para evitar contaminações.

 

Atividade física

Praticar atividade física ajuda a aliviar eventuais desconfortos da gestação. O médico ginecologista deverá indicar a atividade mais adequada para cada gestante. Mas, de maneira geral, os exercícios devem ser leves, na forma, por exemplo, de caminhadas, natação e hidroginástica.

 

Tabaco

São inúmeros os riscos do uso do tabaco durante a gestação. O ideal é que a mulher nunca tenha fumado, mas se assim não for, que pare de fumar antes de engravidar. A nicotina e todas as substâncias que o cigarro contém contribuem para o surgimento de graves problemas à saúde do bebê, como má-formação, aborto e problemas no desenvolvimento. A restrição ao uso do tabaco deve se prolongar até o final da amamentação e, de preferência, não deve voltar a fazer parte da rotina da mulher.

 

Álcool

Se a mulher já souber que está grávida, ou tem intenção de engravidar, ela deve parar completamente de ingerir bebidas alcoólicas. Beber durante a gravidez pode ocasionar problemas graves ao bebê. Quanto maior for o uso de bebidas, maiores serão os riscos. O fígado do bebê não consegue metabolizar o álcool ingerido como o fígado do adulto, o que agrava o risco da exposição ao álcool e, consequentemente, a ocorrência de malformações congênitas, incluindo as faciais e as do sistema nervoso. A exposição do embrião/feto ao álcool nos primeiros meses da gravidez aumenta o risco de abortamento, parto prematuro e baixo ganho de peso. Os danos causados pela ingestão de álcool pela grávida incluem também maior probabilidade de ocorrência de distúrbios de aprendizado e problemas sócio-comportamentais em idades futuras. 

Álcool não deve ser ingerido durante a gravidez!


Texto: Jailde Barreto / Design: Carolina Moura | Alex Mendes

Fonte: Ministério da Saúde/ Hospital Albert Einstein/ Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP)

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (5 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em