REGULAÇÃO

 

 

Com o intuito de premiar as Unimeds inscritas nesta categoria, serão utilizados doze indicadores. São eles: Sistema de Informação de Beneficiários (SIB); Sistema de Informação de Produtos (SIP); Documento de Informações Periódicas das Operadoras de Planos de Saúde (DIOPS), Taxa de Saúde Suplementar por Plano de Assistência à Saúde (TPS), Documentação Cadastral, Autorização Anual de Reajuste de Planos de Saúde; Notificação de Investigação Preliminar (NIP); Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS); Acompanhamento e Avaliação da Garantia de Atendimento; Mapeamento do Risco Assistencial; Indicador de Fiscalização; e Reuniões do Grupo Estadual de Regulação (GERE).

Um dos principais critérios para julgamento é a adimplência quanto aos prazos da ANS. Seis indicadores irão considerar o grau de assertividade e/ou eficiência das operadoras, definidos pela ANS, como Autorização Anual de Reajuste de Planos de Saúde, NIP, IDSS, Monitoramento das Garantias de Atendimento, Mapeamento do Risco Assistencial e Indicador de Fiscalização.

Os indicadores relacionados com prazos considerados no Prêmio Melhores Práticas Regulação 2019 seguem estritamente os limites de data determinados pela ANS, de acordo com as normas vigentes, publicadas até a abertura do período de inscrição.

Por fim, a pontuação obedecerá aos critérios específicos para cada indicador, conforme indicado no Regulamento.