UTI EM RECURSOS PRÓPRIOS

 

 

Na estreia da categoria, a Federação objetiva estimular a humanização no tratamento dos pacientes graves dos hospitais das Singulares do estado do Rio de Janeiro, incentivando a adequação de indicações, recursos e cuidados, fortalecendo o Jeito de Cuidar Unimed em todas as nossas tratativas, especialmente, com os beneficiários em nossos Recursos Próprios, além de promover a integração entre as Federadas e a Unimed Federação Rio.

Podem se inscrever todas as Singulares que possuírem Recursos Próprios.

A pontuação obedecerá aos seguintes critérios:

Indicadores de estrutura:

  • A UTI atende à RDC 50 ANVISA 21/02/2002;
  • A UTI atende à RDC 07 ANVISA 24/02/2010;
  • Relação enfermeiro/leito;
  • Taxa de ocupação;
  • Horas de treinamento da equipe;
  • Equipe interdisciplinar mínima para Cuidados Paliativos (médico, enfermeiro, psicólogo e/ou assistente social);
  • Taxa de incidência de lesão por pressão;
  • Taxa de incidência de extubação acidental;
  • Taxa de incidência de queda;
  • Taxa de incidência de perda de sonda nasoenteral;
  • Taxa de incidência de diálise;

OBS: As informações devem possuir registro.

 

Indicadores de processos:

  • Capacidade de envolver o paciente nas decisões;
  • Capacidade de escuta e comunicação;
  • Implantação de diretrizes e protocolos clínicos;
  • Realização de conferência familiar com presença de intensivista e enfermeiro;
  • Atende à Resolução CFM 2156/2016;

OBS: As informações devem possuir registro.

 

Indicadores de resultados:

  • Taxa de mortalidade;
  • Taxa de reingresso;
  • Média de permanência;
  • Média de permanência ajustada aos escores de gravidade (PMODS, SOFA, SNAPP);
  • Taxa de preenchimento de diretriz antecipada de vontade em ficha própria, incluindo decisões sobre ordens de reanimação (total de preenchimentos/total de admissões CP identificado pelo UTIWEB)>70%;
  • Taxa de encaminhamento para avaliação por equipe de cuidados paliativos/mês (total de pareceres/ Total de admissões CP identificado pelo UTIWEB)>70%;
  • Taxa de Pacientes que tiveram avaliação regular de dor durante internação no CTI (Avaliação regular de dor/total de admissões UTI)>70%;
  • Taxa de óbito de pacientes com câncer estagio 4/ano (óbito CTI estágio 4/ admissões hospitalares estagio 4)<10%;
  • Taxa de Densidade de Incidência de Pneumonia Associada à Ventilação mecânica (PAV).
  • Taxa de incidência de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter venoso central