Voltar

Descobertas sobre a saúde do coração

Descobertas sobre a saúde do coração

Descobertas sobre a saúde do coração

13 Janeiro 2020

 

Muitos imaginam que cuidar da saúde se resume a procurar o médico quando algo está fora do controle. Tão importante quanto é adotar hábitos benéficos, de forma que essas atitudes persistam ao longo dos anos. 
Recentemente, a Diretriz de Prevenção Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia ampliou as orientações sobre como evitar doenças cardiovasculares. Além dos cuidados com a alimentação e atividade física, a espiritualidade entrou para a lista de fatores que protegem o músculo cardíaco. Segundo o estudo, pessoas com algum tipo de fé costumam ser mais resilientes para enfrentar as adversidades do dia a dia. 

Outro destaque do documento é o papel da poluição e da falta de planejamento urbano. Altos níveis de ruído, violência, falta de saneamento básico e poluição atmosférica favorecem o aparecimento de doenças crônicas e infecciosas, ligadas às panes cardíacas. A SBC, aliás, demonstrou preocupação com a sujeira do ar, sobretudo porque os poluentes aumentam o estresse e trazem inflamações pelo corpo, o que contribui para o entupimento das artérias.
Diante de fatores que sensibilizam a saúde do coração, adotar hábitos benéficos pode prolongar os anos de vida. A começar pelo fim do tabagismo: essa “autopoluição” do organismo, com efeitos ainda mais nocivos se misturada à do ar é uma agressão ao corpo. Se você é fumante, eu torço pelo fim do vício em 2020. 

Caminhadas e exercícios físicos continuam sendo aconselhados, e se junto à natureza, melhor! Nossa região concentra parques e um número privilegiado de trilhas, além de ser opção para prática de esportes na água. Não podemos esquecer aqueles que sofrem de doença cardiovascular ou que já têm fatores de risco, como obesidade, diabetes, hipertensão, vida sedentária, nível alto de colesterol e triglicérides. Para esse grupo, a gentileza com o coração deve ser maior, e fugir de excessos, especialmente na alimentação, é um bom começo. 
Importante é termos em mente que o cuidado com a saúde não é algo restritivo. Deve ser compreendido como uma declaração de respeito a você e a todos que querem o seu bem.