Voltar

Home office e primeira contratação remota e 100% digital

Home office e primeira contratação remota e 100% digital

A transformação digital permite mudanças significativas nas empresas e traz um olhar para novas possibilidades.

Home office e primeira contratação remota e 100% digital

A transformação digital permite mudanças significativas nas empresas e traz um olhar para novas possibilidades.

22 Julho 2020

A Unimed Grande Florianópolis estendeu o home office aos colaboradores que atuam na área administrativa até o fim do ano, como medida para preservar a vida dos seus profissionais e familiares. Entre aqueles que precisam manter o atendimento presencial, a cooperativa médica adotou escalas e revezamento com número reduzido, ao encontro das regras estabelecidas pelo governo. Já as equipes de saúde que atuam na área assistencial, como Hospital Unimed e prontos atendimentos adulto e infantil, seguem trabalhando nessas unidades, com aplicação de protocolos de segurança e equipamentos de proteção individual.    

Desde que o governo federal anunciou a pandemia, em março, uma das primeiras providências da Unimed Grande Florianópolis foi disponibilizar aos colaboradores os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), álcool em gel  e máscaras de proteção, adotar o home office para as equipes administrativas e custear o transporte privado aos colaboradores de áreas essenciais. “Temos um compromisso pela segurança das pessoas e a saúde vem em primeiro lugar. É seguro permanecer em casa e oferecer condições de trabalho adequadas”, comentou o presidente Dr. Théo Fernando Bub.
 
Recrutamento digital
Com mais de 400 colaboradores atuando diretamente de suas casas, o CEO da cooperativa médica, Richard Oliveira, explica que a mudança de cultura para uma vertente cada vez mais global é realidade na Unimed Grande Florianópolis. “Uma tendência que aconteceria em alguns anos precisou ser estruturada em poucos dias. O home office potencializou uma mudança cultural na empresa e hoje podemos nos conectar com profissionais de qualquer lugar do país ou do mundo, no contexto de trabalho #anywhere”, explica ele, para quem a diversidade cultural é uma vertente importante para a inovação de ideias. Atualmente, mais de 80% das áreas administrativas e assistencial são formadas por colaboradores procedentes de outros estados e regiões de fora da Grande Florianópolis, além de países como Haiti, Chile e Paraguai.

Esse #anywhere ao qual Richard se refere tem relação direta com o processo de inovação e transformação digital da cooperativa, razão pela qual a equipe de Gestão de Pessoas pôde realizar no mês de julho a primeira contratação por home office e 100% digital de um novo colaborador: Fabrício Santoro, morador do Rio de Janeiro, trabalhará na equipe de Tecnologia da Informação, exercendo o cargo de Especialista em Infraestrutura, exclusivamente na modalidade à distância. A seleção foi feita normalmente pelo Gestão de Pessoas, com apoio da ferramenta de recrutamento Kenoby. Diretamente de sua casa, o candidato passou por todas as etapas, desde a inscrição e triagem à prova técnica, e a entrevista também ocorreu remotamente pelo Google Meet, assim como a confirmação histórica da aprovação, concretizada pelo software de seleção. Para a gerente de Gestão de Pessoas, Cristiane Bruchado, a transformação digital em sua área permite ampliar a diversidade de profissionais, tão presente na Unimed Grande Florianópolis. “Já temos o hábito de acolher colaboradores de outros estados, mas fazíamos presencialmente. Agora, expandimos as possibilidades para o cenário digital, na modalidade de trabalho remoto”, diz.

Para ela, tão importante quanto gerenciar as tarefas é desenvolver o potencial de cada um, razão pela qual a cooperativa estendeu o cuidado com os colaboradores de forma remota, oferecendo o serviço de acolhimento por telefone e videochamada, compartilhando dicas de saúde, como manter a produtividade sem comprometer a relação profissional e pessoal, dentre outras orientações e medidas focadas no bem-estar do colaborador.