Voltar

Pacientes internados no Hospital Unimed recebem visita virtual de familiares

Pacientes internados no Hospital Unimed recebem visita virtual de familiares

Com ajuda dos profissionais da saúde do Hospital Unimed, familiares e pacientes minimizam a saudade por videochamadas.

Pacientes internados no Hospital Unimed recebem visita virtual de familiares

Com ajuda dos profissionais da saúde do Hospital Unimed, familiares e pacientes minimizam a saudade por videochamadas.

19 Maio 2020

Dentre as mudanças provocadas pelo isolamento social, o contato com pessoas recebeu forte transformação, e no ambiente hospitalar não foi diferente. Com a necessidade de cuidarem de si e de suas famílias, muitos pacientes não têm a oportunidade de receber a visita dos parentes, ainda mais em um momento tão importante e necessário para a saúde física e emocional. 

Mas uma alternativa colocada em prática pelo Hospital Unimed, da Grande Florianópolis, está encurtando distâncias e permitindo a aproximação das pessoas. Com o apoio da tecnologia, a visita do paciente ocorre virtualmente em reforço às recomendações de isolamento social e para proteger os familiares do risco de contágio.

Quem presenciou esse momento foi o paciente Mohamad Ali Younes, de 36 anos. Após ficar internado 10 dias no Hospital Unimed, ele recuperou-se da Covid-19 e pôde, enfim, receber o abraço da família. Enquanto permaneceu na unidade hospitalar, as conversas eram feitas por videochamadas, com a ajuda da equipe de médicos e enfermeiros.

Para a coordenadora de enfermagem, Cristiani Pereira, as visitas virtuais não substituem o contato físico, mas minimizam a saudade e se mostram eficazes em períodos de distanciamento social. "Nada muda a sensação de receber um abraço, mas o fato de ouvir e ver a família, mesmo que à distância, traz alívio e melhora as condições de saúde das pessoas”, diz.

Para o diretor do Hospital Unimed, Dr. Gabriel Gustavo Longo, a visita virtual cumpre um importante papel preventivo e de segurança com a saúde. “Essa iniciativa foi muito bem recebida pelos pacientes internados e seus familiares. Com menos pessoas dentro da uma unidade hospitalar, menor é o risco de transmissão do coronavírus e de outros agentes de contaminação”, completa.

Desde que as visitas virtuais iniciaram em abril, todos os pacientes internados conectaram-se com seus familiares, e os encontros ocorrem diariamente.