Voltar

Técnica inédita na América Latina ocorre no Hospital Unimed

Técnica inédita na América Latina ocorre no Hospital Unimed

Uso de laser representa o marco na era moderna da cardiologia e foi usado em paciente de 44 anos.

Técnica inédita na América Latina ocorre no Hospital Unimed

Uso de laser representa o marco na era moderna da cardiologia e foi usado em paciente de 44 anos.

20 Dezembro 2019

O Hospital Unimed foi o local escolhido por uma respeitável equipe formada por médicos do Brasil e do exterior a fazer uma intervenção coronariana complexa, considerada o primeiro caso do tipo na América Latina a empregar um novo modelo de laser.

O procedimento recanalização de oclusão crônica foi realizado em um paciente de 44 anos. A equipe médica foi liderada pelo cardiologista intervencionista Dr. Marcelo Harada Ribeiro e outros nomes consagrados no país para essa especialidade, além do Dr. Luís Augusto Dallan, do centro médico norte-americano Cleveland Clinic, Dr. Daniel Willemann, da Suíça, e Dr. Franklin Hanna, da Colômbia.
O procedimento, ainda sem previsão de cobertura pelos planos de saúde, foi custeado pelo fabricante dos materiais utilizados e o caso foi considerado bastante complexo, de modo que o uso da nova técnica possibilitou o sucesso do procedimento, representando um marco na era moderna da cardiologia

Em linhas gerais, o laser permitiu abrir uma artéria totalmente fechada por placas de colesterol, fibrose e cálcio, proporcionando acesso a lesões antes inatingíveis. “Foi um dia histórico para a cardiologia no Brasil e na América Latina”, resumiu Dr. Marcelo Harada Ribeiro. “O avanço da medicina permite olhar para novas técnicas, cada vez menos invasivas”, explicou.
Este tipo de procedimento se destina a alguns casos selecionados de pacientes que não podem ser tratados pelas técnicas convencionais, após avaliação criteriosa de equipe médica, que seguem diretrizes técnicas.

Qualidade e Alta Complexidade 
Fundado em novembro de 2014, o Hospital Unimed foi planejado para atender casos complexos. “A estrutura é adequada para realizar todos os procedimentos de alta complexidade em Cardiologia e Neurologia”, afirma o diretor de Serviços Próprios da Unimed Grande Florianópolis, Dr. Gabriel Gustavo Longo.
Em 2019 o Hospital Unimed conquistou da Organização Nacional de Acreditação (ONA) o certificado de qualidade dos serviços de saúde e segurança do paciente, entrando para um seleto grupo de hospitais a obter o selo em Santa Catarina.