Voltar

UGF lança cabines de pronto atendimento e telemedicina

UGF lança cabines de pronto atendimento e telemedicina

A novidade é Doctor-U, uma cabine tecnológica que atua como pronto atendimento e permite conexão direta e à distância com o médico.

UGF lança cabines de pronto atendimento e telemedicina

A novidade é Doctor-U, uma cabine tecnológica que atua como pronto atendimento e permite conexão direta e à distância com o médico.

29 Abril 2021

Quando o momento exige mais atenção com cuidados de saúde, é preciso inovar para conseguir atender as demandas das pessoas com mais precisão e eficiência. Foi com essa intenção que a Unimed Grande Florianópolis desenvolveu um projeto que chega para revolucionar a atenção com a saúde. A grande novidade são as cápsulas de pronto atendimento e telemedicina Doctor-U.

 Instalada em locais distintos de cidades como Florianópolis e Tijucas, a cápsula de telemedicina tem as ferramentas para promover o contato imediato com o médico. De acordo com um dos idealizadores do projeto, Tomás Schnorr Rios, "se a pessoa apresentar sintomas de covid-19, por exemplo, não precisa esperar o agendamento no ambulatório. O médico é acionado da cabine e já providencia o atestado médico para liberação do funcionário, bem como o pedido do teste PCR que detecta o vírus.” 

Rios explica que a ideia de projetar as cabines começou junto com a pandemia, em março do ano passado, após analisar modelos na China e nos Estados Unidos, razão pela qual a cooperativa desenvolveu as próprias cabines chamadas Doctor-U.

Atendimento imediato
Para a pessoa, usar a cápsula é muito fácil. Ela entra na cabine e digita o CPF em um tablet para iniciar o processo interativo em máquinas de aferição e medição. Por comando de voz, são dadas as instruções para que o cliente realize as aferições de temperatura, altura, peso, IMC (Índice de Massa Corporal), pressão arterial, frequência cardíaca e percentual de gordura. Feitas as aferições, o paciente confere na hora os resultados e opta por prosseguir ou não com a teleconsulta. A conexão entre médico e paciente ocorre em poucos instantes e está disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana

Para o presidente da Unimed Grande Florianópolis, Dr. Théo Fernando Bub, a tecnologia empregada democratiza o acesso à saúde. “Se a pessoa tem alguma dúvida sobre algo relacionado à saúde, vai até a cápsula e pergunta ao médico”, complementa.

Uma operação fácil e segura 
Ao entrar na cápsula Doctor-U, o cliente digita o seu CPF em um tablet. Internamente, as paredes da cabine trazem explicações sobre as funcionalidades do Doctor-U, quais aferições são realizadas em tempo real e como fazê-las. 

O autoatendimento ocorre de forma individual, ou seja, um paciente por vez. Dentro da cabine, há uma máquina por comando de voz chamada Safety, parceria com a empresa TeleWorld, e ao subir nessa máquina o cliente tem sua temperatura aferida, bem como a altura, o peso, o percentual de gordura, a pressão arterial e a frequência cardíaca.

Todas essas informações geram um relatório que se integra ao prontuário do paciente e serve como base para o médico prosseguir com o passo seguinte do atendimento, que é a teleconsulta pelo sistema da argentina Doc 24. Para o beneficiário, a consulta online ocorre dentro da própria cápsula, enquanto o médico encontra-se em seu consultório, conectados via telemedicina. Caso o profissional de saúde identifique a necessidade de consulta presencial, o mesmo é providenciado.

A aplicação instalada no tablet conta com a segurança proporcionada pela empresa canadense Scalefusion, a qual garante que o aparelho permaneça programado unicamente para as funções do Doctor-U. 

Um sistema já existente na China
Na China, essas cápsulas já são uma realidade, e estão nas ruas. De acordo com o CEO Richard Oliveira, as cápsulas de atendimento são vistas no Brasil como algo impossível. “Pensávamos em algo para digitalizar o atendimento médico e se colocar ao lado das pessoas. A telemedicina já tinha sido lançada, então agora é um passo a mais”, diz.

Garantia de higiene e proteção
A prevenção contra contaminações é um dos grandes diferenciais da cápsula. Por meio de uma nanotecnologia antiviral da empresa paulistana Chroma-Líquido, as paredes, o banco, a porta, a tela do tablet, além de outros pontos de contato contam com a proteção de adesivos e películas que anulam a ação do novo Coronavírus e de qualquer espécie de bactéria e vírus. 


Quer receber nossos conteúdos ?

Inscreva-se em nossa newsletter e receba novos assuntos!

Este campo é obrigatório.
Este campo é obrigatório.
Este campo é obrigatório.