Voltar

Ações Agosto Dourado

Ações Agosto Dourado

Ações Agosto Dourado

O mês de Agosto na Unimed Itapetininga foi marcado com campanha de incentivo ao aleitamento materno.

Com objetivo de promover, proteger e apoiar o aleitamneto, no dia 07/08 a fonoaudióloga Mayara Rosica e o pediatra Dr. Luiz Fernando Damas, realizaram uma palestra sobre a amamentação nas primeiras horas de vida, com o foco na equipe multidisciplinar do Hospital Dr. José Silva Dantas Filho da Unimed Itapetininga. Participaram da palestra enfermeiras, psicóloga, nutricionista, dentre outros setores.

O leite materno é um alimento completo com anticorpos fundamentais, apropriado para o organismo do recém-nascido e suprindo todas as suas necessidades até o sexto mês. “Explicando tudo sobre a amamentação, esclarecendo dúvidas e compartilhando aprendizagens, acabamos empoderando a equipe sobre o assunto, o que traz um melhor ambiente para o hospital e uma comunicação eficaz. A amamentação libera ocitocina para a puérpera e o processo precisa acontecer ainda na sala de parto. A equipe necessita auxiliar e favoirecer o vínculo mãe e bebê, evitando o desmame”, conta Mayara Rosica.

 

Entre as vantagens da amamentação estão: desenvolvimento do sistema imunológico da criança, diminuição da incidência e gravidade de doenças respiratórias, redução da mortalidade infantil, ajuda o útero da puérpera a voltar mais rápido ao tamanho normal, diminuindo os riscos de hemorragias, efeito positivo na inteligência do bebê. Favorece o bom desenvolvimento dos órgãos fonoarticulatórios (lábios, língua, mandíbula, maxila, bochechas, palato mole, palato duro, soalho da boca, musculatura oral e arcadas dentárias) do recém-nascido, dentre outros inúmeros benefícios.

O ato da amamentação envolve profunda interação entre mãe e filho, resultando em um excelente desenvolvimento cognitivo emocional da criança e boa saúde física e psíquica da mãe. “É essencial a comunicação da equipe de enfermagem com os médicos. No aspecto amamentação, a enfermagem pode auxiliar muito mais, com um olhar apurado sobre a pega correta, postura, detectando a causa do choro, manejo correto, dentre outros detalhes notados. O começo da amamentação requer toda a atenção. Com uma equipe multidisciplinar com o mesmo objetivo o desmame pode ser evitado, melhorando os resultados e trabalhando da melhor forma possível. A amamentação só traz benefícios”, finalizou Dr. Luiz Fernando Damas.

 

 

 

Para as beneficiárias, houve a Roda de Conversa de Incentivo à Amamentação, com o objetivo da troca de experiências, momento voltado para informações e socialização, mediada por Érika Franciosi, enfermeira, Mayara Rosica, fonoaudióloga, e Isabel de Souza, psicóloga.

“Quanto mais informações, melhor. Nos auxilia, ajuda a diminuir as dificuldades e quando elas existem, aprendemos a superá-las. Amei participar da roda de conversa. Procuro sempre me manter atualizada e informada, priorizei a amamentação”, conta Priscila Gabrieli Prates, mãe da Julia Prates Xavier, de três meses.

 

Os participantes puderam tirar dúvidas, trocar experiências, entender como funciona as etapas dos bebês, sobre os reflexos, como o leite materno ajuda na imunidade e resistência, a importância de persistir, buscar conhecimentos e ajuda, dicas para fissuras, além de muita descontração. “O ato da amamentação envolve profunda interação entre mãe e filho. Com informações esse momento pode se tornar o melhor possível”, finaliza Érika Franciosi, enfermeira da Unimed Itapetininga.

 

 

 

 

Para finalizar as ações, no dia 21/08 a Unimed Itapetininga realizou sessão de ioga mamãe e bebê, além de sessão de fotos. Mães beneficiárias da Unimed que amamentam puderam participar. Entre os profissionais envolvidos estavam a nutricionista e instrutora de ioga Amanda Nunes, e a fotógrafa Lubna Nogueira. Estreitando o vínculo mamãe/bebê, ajudando no desenvolvimento e bem-estar da criança, acolhendo a mãe, o evento proporcionou um momento de relaxamento.

Mariana Moura Garcia, mãe do Lorenzo, participou e gostou. “Eu nunca havia feito ioga com o meu filho, foi uma experiência incrível. Relaxou o Lorenzo e foi ótimo para mim. Recomendo”, conta Mariana. A avó de Lorenzo, Emanuelle, acompanhou e se emocionou. “Foi lindo ver a Mariana com o meu neto fazendo os exercícios, parece que eu estava participando junto de tão emocionante. Na hora de desejar algo bom para o bebê, me lembrei de quando minha filha era pequena. Gostei muito de poder acompanhar”, diz Emanuelle.

 

No decorrer da aula foram alternados os momentos entre massagens, interação com o bebê, alongamento e sequências de atividades que ajudam a mulher a se reencontrar recuperando seu condicionamento. “A ioga mamãe e bebê mostra que a mãe pode ter a individualidade mesmo com filho, promovendo menos cobrança e uma conexão de forma mais pura. Um momento sem obrigações, de relaxamento, reduzindo ansiedade, conectando com o presente e fomentando a troca de afetos. As mamães podem realizar no dia a dia o que aprenderam na aula, separando 20 minutos diários para incorporar a ioga na vida delas, o que só trará benefícios”, explica Amanda Nunes, professora de ioga e nutricionista da Unimed Itapetininga.

 

 

 

Lubna Aparecida Silva Nogueira, fotógrafa, registrou o momento. “Foi muito bom participar, gosto de fotografar mamães e bebê, é muito especial. Ver a troca de afeto entre eles é inspirador, a criatividade flui facilmente”, relatou Lubna. O evento também proporcionou uma troca de experiências com outras mães, que estão passando por um período similar, além da interação entre os bebês, através de exercícios lúdicos, massagem, carinhos e canções.

“Eu amei, foi muito bom participar desse evento, se tiver mais vezes com certeza estarei presente. Minha filha e eu relaxamos, uma conexão incrível. Vou repetir os exercícios que aprendi em casa, separar um tempo para o ioga com minha filha será excelente”, finaliza Thais Silva de Moraes Rocha, mãe da Alice.

 

 

Durante o mês, todos os bebês nascidos no Hospital Dr. José Silva Dantas Filho receberam um body com os dizeres: "Alegria de quem mama em livre demanda", um agrado para as mamães, que reforça a ideia da importância da amamentação.

 

 

 

 

 

Suporte às mães e familiares, informações atualizadas, fortalecimento de vínculo, orientações, incentivo à amamentação: a Unimed Itapetininga participando ativamente do Agosto Dourado, cumprindo seu papel de empoderar as famílias e favorecer a amamentação.