Histórico da Responsabilidade Social

Histórico da Responsabilidade Social

8 Junho 2009
NO MUNDO

Embora já antiga desde o período pós 1° Guerra Mundial, onde as casas de misericórdia faziam um trabalho de cunho social muito importante.A Europa e os EUA começaram a trabalhar com Responsabilidade Social já na década de 70 e com muito mais intensidade na década de 80.

NO BRASIL

Em 1990 um grupo de empresários liberados por Oded Grajew, um dos fundadores da indústria de brinquedos GROW (passou informações para uma repórter sobre o trabalho que estava desenvolvendo para tentar erradicar o trabalho infantil no Brasil. Isto foi visto com muito ceticismo pelo editor que na época, não entendeu como empresas estavam se preocupando com o social sem nenhuma “maracutáia”.
Em 1995 esse grupo de empresários começou a difundir com mais freqüência suas preocupações até o surgimento o Instituto Ethos.


POLÍTICA NACIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DO SISTEMA UNIMED

A Unimed do Brasil e a Fundação Unimed lançaram em 2001 a política nacional de Responsabilidade Social Unimed.
Sua missão é disseminar esta prática no sistema Unimed, oferecendo apoio e instrumentos para o desenvolvimento de programas sócias e ambientais fundamentados na ética cooperativista e nos direitos humanos, com objetivo de fortalecer o 7° princípio do cooperativismo que consiste em cuidar das comunidades (Interesse pela comunidade).
RESPONSABILIDADE EMPRESARIAL E INDICADORES

“Responsabilidade Social Empresarial é a forma de Gestão que se define pela reação ética, transparente e solidária da empresa com todos os públicos com as quais se relaciona e pelo estabelecimento das metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais ”.
(Fonte instituto ETHOS)

“A Responsabilidade Social é uma forma de gestão de relacionamento ético com todos os públicos quem interagem com a cooperativa, no âmbito interno e externo”.

“São práticas de diálogo e gestão que resultam na qualidade do relacionamento das empresas com empregados, clientes, fornecedores, meio ambiente, governo e sociedade”.
(Fonte instituto ETHOS/ 2005)

INDICADORES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

A Política de Responsabilidade Social, baseia-se pelos princípios e valores cooperativistas, fundamentados na ética e transparência de suas ações,a fim de buscar verdadeiras transformações sociais.
A atuação é por diversas frentes, a fim de consolidar-se como uma empresa socialmente responsável. Estas frentes são direcionadas pelos indicadores do instituto Ethos, sendo estes:

Valores e transparência
Público Interno
Meio Ambiente
Fornecedores
Comunidade
Valores e Transparência

o Compromisso Ético
o Enraizamento na cultura organizacional
o Diálogo com as partes interessadas (stakeholders)
o Relação com a concorrência
o Balanço Social

Público Interno

o Relações com Sindicatos.
o Gestão Participativa.
o Participação nos resultados e bonificações.
o Compromisso com o futuro das crianças.
o Valorização da diversidade.
o Comportamento frente às demissões.
o Compromisso com o desenvolvimento profissional e a empregabilidade
o Cuidado com a saúde, segurança e condições de trabalho.
o Preparação para a aposentadoria.


Meio Ambiente

o Gerenciamento do impacto no meio ambiente e do ciclo de vida dos produtos e serviços.
o Hinimização de entradas e saídas de materiais.
o Comprometimento da empresa com a causa ambiental.
o Educação Ambiental.

Fornecedores

o Critérios de seleção e avaliação de fornecedores.
o Trabalho Infantil na cadeia produtiva.
o Relações com trabalhos terceirizados.
o Apoio ao desenvolvimento de fornecedores.

Comunidade

o Gerenciamento do impacto da empresa.
o Relações com organizações.
o Gestão da ação social.
o Foco e alcance doação social.
o Integração entre empresa e ação social.
o Estímulo ao voluntariado.

Governo e Sociedade

o Contribuições para campanhas políticas.
o Práticas anticorrupção e propina.
o Liderança e influencia social.
o Participação em projetos sociais. 


PROGRAMA DE BOAS IDÉIAS

Estimular o desenvolvimento e a criatividade de todos os colaboradores, visando a melhoria dos fluxos e processos diversos da cooperativa.
As idéias são coletadas pela Intranet e direcionadas ao e-mail da controladoria. Após o recebimento as idéias serão avaliadas pelo comitê gestor e encaminhadas à diretoria.
No final do ano, premiação para a melhor idéia e sorteio de um prêmio entre os colaboradores que participaram do programa.

PROGRAMA QUARTA E MEIA

Programa de Auto Treinamento da Unimed Lages

Este programa tem como objetivos: 

¿ Treinar os procedimentos operacionais 
¿ Descentralizar as informações e comportamentos

REGRAS DO JOGO 

¿ Duração de 30 min. (18:06 às 18:36) 
¿ Presença por interesse e atividade do assunto 
¿ Usar criatividade para apresentação, Power Point, jogral, cantigas, desenho, etc. 
¿ Seu material impresso apresentação será repassada via intranet ou e-mail aos interessados. 
¿ O assunto da próxima quarta feira será decidida pelo grupo 
¿ Toda quarta feira haverá programas _______________________________________ 
¿ O treinamento é impessoal


GINÁSTICA LABORAL

Fundamenta-se na valorização da prática de atividade física como instrumento de promoção da melhoria da qualidade de vida do trabalho e comprovados reflexos no aumento da produtividade da empresa.

OBJETIVOS: 
¿ Incrementar a integração entre os colaboradores, 
¿ Prevenir a fadiga muscular, 
¿ Controlar o estresse 
¿ Reduzir os níveis de acidente no trabalho 
¿ Reduzir os níveis de absenteísmo 
¿ Melhorar a qualidade de vida dos colaboradores 
¿ Transmitir aos nossos cooperados, a história, a filosofia e os princípios do cooperativismo, para delimitar bem as diferenças da cooperativa Unimed em relação as demais formas de prestação de assistência médica, bem como apresentar as formas de organização da singular e a complexidade do Sistema Unimed, além das perspectivas de seu desenvolvimento

EDUCAÇÃO/ CAPACITAÇÃO DO COOPERADO

A cooperativa busca promover a educação/ capacitação dos cooperados para que possam aprimorar seus conhecimentos sobre cooperativismo e atualização técnica profissional.

CAPACITAÇÃO DE COLABORADORES 

¿ Promover cursos, palestras e encontros com a finalidade de melhor capacitar nossos colaboradores. É de fundamental importância que os colaboradores sejam permanentemente treinados, aperfeiçoados e atualizados.

CAPACITAÇÃO DE SECRETÁRIAS 

¿ Proporcionar a formação de profissionais que atuem como elemento de ligação entre cliente e o médico cooperado. 
¿ Proporcionar o conhecimento e a vivencia cooperativista, através de seus princípios e filosofias. 
¿ Ampliar e renovar oportunidades de desenvolvimento profissional. 
¿ Estimular á participarem do sistema Unimed através de um melhor desempenho profissional. 
¿ Motivá-los para conhecerem a cooperativa, suas normas e procedimentos.

MEIO AMBIENTE 

¿ Consumo consciente
Campanhas Internas com cartazes sobre o consumo consciente. Reciclagem de papel, utilizado para confecção de blocos de rascunho para uso interno da cooperativa. Coletores de lixo reciclável visando à conscientização dos colaboradores para reciclagem 

¿ Coleta seletiva de papel, plástico e papelão. 
¿ Implantação do GRSS (Gerenciamento de resíduos de Serviço de Saúde)

PESQUISA PERFIL DE FORNECEDORES 

¿ Criação de uma pesquisa para traçar o perfil de seus fornecedores. A cooperativa busca incentivar a adoção de práticas socialmente responsáveis junto aos seus fornecedores, garantindo o cumprimento de padrões de proteção ambiental, segurança e legislação previdenciária e fiscal, na utilização de mão de obra infantil e práticas de discriminação.
Esta pesquisa foi adotada como modelo pela Unimed do Brasil e reformatada pela política nacional de Responsabilidade Social para ser utilizada por todas as Unimeds. 
¿ Setor de ouvidoria de fornecedores é realizado através do Departamento de Controladoria.

COMUNIDADE

PROJETO ADOCI – Adote um Centro Infantil 
¿ Este projeto tem parceria com a Secretaria Municipal de Educação, atendendo 20 crianças na faixa etária de 02 a 04 anos. 
¿ A Unimed atua nesse projeto com consultas médicas e exames laboratoriais (acompanhamentos), distribuição de livros, kit higiene, jogos educativos e brinquedos.

PROJETO LENDO E RELENDO 

¿ Este projeto tem como objetivo o incentivo a leitura através de informações oferecidas pelo jornal. 
¿ A Unimed Lages é parceira com o Jornal Correio Lageano que criou o “Lendo e Relendo”. São realizadas oficinas Lendo e Relendo para os professores e Wokshops. O encarte do jornal do “Lendo e Relendo” é quinzenal, dirigido às escolas, professores e alunos. 
¿ COOPERATIVISMO: DO TEATRO A REALIDADE 
 
¿ Considerando a importância de investimento na formação de nossas crianças, a Unimed realizou Educação Cooperativista através de um teatro com distribuição de revistas em quadrinhos sobre o tema, em escolas municipais, estaduais e particulares. 
 
¿ OBJETIVO GERAL: Prestar informações sobre cooperativismo às crianças em idade escolar, sendo uma preocupação da Unimed com essa formação, uma vez que não se detectou na rede de ensino, trabalho semelhante divulgando a importância do cooperativismo.

¿ A Unimed Lages criou um coluna sobre dicas de Saúde voltada para crianças. 


NÚCLEO DE PREVENÇÃO DE HIPERTENSÃO E DIABETES 
 
¿ A Unimed criou o Núcleo de Prevenção, no sentido de melhorar a qualidade de vida de nossos usuários. Trata-se de um novo serviço, colocando a disposição recursos humanos e materias para orientar no tratamento, recuperação e controle da doença. 
¿ O grande beneficiado é o próprio cliente, que terá a oportunidade de preservar, readquirir e conquistar qualidade de vida. O grupo dispõe de uma equipe multiprofissional que desenvolve atividades físicas (caminhada diária), controle de pressão arterial, controle de peso e palestras educativas (mensais). 

SUPORTE BÁSICO DE VIDA 

¿ O objetivo fundamental do suporte básico de vida é colaborar na divulgação do atendimento de emergência cardiovascular e ressusitação cardiorespiratória a sobrevivência após uma parada cardíaca, através do aumento do número de vítimas que recebeu S.B.V rápido e de qualidade. 
¿ O público alvo: Comunidade, empresa, secretárias de cooperados, escolas, instituições públicas e privadas etc.

PALESTRAS NAS EMPRESAS

Através do seu programa de medicina preventiva, a Unimed Lages, desenvolve um trabalho voltado para o nosso usuário com plano empresarial, no sentido de prestar informações, orientações de cunho preventivo, bem como contribuir para o melhor compreensão e utilização dos nossos serviços.

VISITAS HOSPITALARES


Objetivo: Oferecer aos clientes Unimed internados, um atendimento diferenciado; orientar clientes sobre coberturas contratuais e duvidas existente; avaliar o nível de participação de vários clientes.
Como e quando são feitas?
São realizadas visitas diariamente, durante as quais é aplicado em questionário que possibilita a avaliação do nível de satisfação dos clientes, bem como possibilita que o mesmo aponte as falhas existentes.

AÇÕES SOCIAIS

LAR DO MENINO DE DEUS
A Unimed Lages vem atuando nesta instituição desde 2003, que abriga 20 idosos, sua faixa etária de 50 a 95 anos.

PROJETO ADOCI
A Unimed juntamente com a Secretaria de Educação em parceira com a Comunidade Lageana, tem por objetivo buscar recursos financeiros para subsidiar e implantar um trabalho educacional e social.
A Unimed repassa um valor mensal, além das atividades de medicina preventiva, organização das datas comemorativas, etc...

PARCERIAS 
¿ Campanhas em parceria com ONGS e com órgãos municipais, estaduais e Federais.

COMITÊ ESTADUAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

A Unimed Lages, faz parte do Comitê Estadual de Responsabilidade Social.
Este comitê tem a finalidade de disseminar, fomentar, facilitar e estimular o conceito de RS, entre as Federadas das Unimeds de santa Catarina, com o objetivo de justificar, constantemente, a pratica referida. Também deverá atuar em sintonia com a Política Nacional de Responsabilidade Social da Unimed do Brasil.
O comitê é composto por sete membros, incluindo o membro indicado pela Diretoria Executiva da Federação Santa Catarina, que ocupa o cargo de Presidente. São 4 dirigentes e 3 técnicos representando as singulares.