Voltar

Médica alerta sobre combate ao mosquito da dengue

Médica alerta sobre combate ao mosquito da dengue

Médica alerta sobre combate ao mosquito da dengue

20 Janeiro 2020

Com as chuvas mais frequentes e as altas temperaturas do verão aumentam os fatores de risco para a reprodução e proliferação do mosquito Aedes aegypti. O alerta é da médica infectologista, dra. Maria Beatriz Bonin Caraccio, que há 22 anos atua na área de infectologia do Hospital Unimed Limeira.

 

Segundo a médica cooperada da Unimed Limeira, além da dengue, o Aedes aegypti é transmissor da Febre Amarela urbana, Zyka e Chikungunya. “Essas são doenças graves e não podem ser negligenciadas em tempo algum. Devemos redobrar os cuidados para eliminar o vetor, principalmente nesta época do ano”.  

 

O combate ao mosquito transmissor é a maneira mais eficaz de diminuir os casos. Os ovos depositados por Aedes duram até 1 ano, e podem eclodir e proliferar mesmo em águas sujas. Levantamento feito pelo Poder Público aponta que 80% dos criadouros estão dentro das casas.

 

Além de campanhas de conscientização nos meios de comunicação e durante eventos, a Unimed Limeira participa efetivamente das reuniões do Gabinete de Prevenção e Emergência no combate ao Aedes aegypti, instituído pela Prefeitura de Limeira.

 

Medidas de Prevenção:

 

  • Não deixe água parada em pneus, baldes, garrafas, pratos de plantas, ralos, ou qualquer outro recipiente;
  • Cubra caixas d’água e piscinas;
  • Instale telas em janelas e portas;
  • Faça vistorias no quintal e na casa uma vez por semana;
  • Alerte seus vizinhos para que também evitem criadouros;
  • Use roupas compridas e repelentes nas áreas expostas.

Pratique os 10 minutos contra a Dengue semanalmente, fazendo vistoria em todos os locais com possíveis criadouros.