Voltar

Acolhimento e superação marcam festa de Natal da Oncologia e CTA

Acolhimento e superação marcam festa de Natal da Oncologia e CTA

Música, alegria e emoção deram o tom para confraternização entre profissionais e pacientes

Acolhimento e superação marcam festa de Natal da Oncologia e CTA

Música, alegria e emoção deram o tom para confraternização entre profissionais e pacientes

19 Dezembro 2019

Matheus Tenório
Estagiário da Comunicação

 

Maceió - As confraternizações de fim de ano são acompanhadas por desejos de felicidade, amor, saúde e paz. Mas, se depender de Eli Gessé de Lima e tantos outros pacientes da Unimed Maceió, o voto que não pode faltar é: superação.

Embalados pela canção “Amigos para Sempre”, entoada pelo coral da Associação de Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal), pacientes, colaboradores e médicos se emocionaram durante a festa de Natal da Oncologia e Centro de Terapia Assistida (CTA), na última quarta-feira (18).

O paciente Eli Gessé que o diga. Ele chegou acompanhado pela esposa, Júnia Ivo, um pouco depois do início da festa, mas não deixou passar a oportunidade de dizer o quanto se sente acolhido por todos os profissionais. Além de pedir uns minutos, antes de começar a falar, “só para chorar um pouquinho” por conta emoção.

Ele passou por um transplante de medula óssea há quase quatro anos e faz tratamento há cinco anos. Nas sessões de quimioterapia, Eli precisava passar dois dias internado para acompanhamento médico. Em uma das sessões, ele se surpreendeu com a atitude inesperada de uma profissional.

“Estava angustiado, queria ir embora. A enfermeira veio colocar a última medicação. Ela estava cantarolando. Não lembro o quê, mas lembro dela dizendo, ao colocar a medicação: ‘que este líquido da vida, Senhor, dê vida a este cidadão’ e foi embora. Eu não a vi mais. Sei que era uma enfermeira, mas não tenho dúvida de que foi um anjo de Deus”, contou, emocionado, o paciente.

Atualmente, Eli Gessé (foto ao lado) faz uso de cateter e brinca ao dizer que não quer tirá-lo para não deixar de ir à Oncologia da Unimed.  

“Não tem coisa melhor do que vim aqui todos os meses para ver esses anjos de Deus e poder colaborar com algumas pessoas que Deus colocou na minha vida, dizendo a elas: ‘Pela graça e misericórdia de Deus, se eu venci, você pode vencer também’”, afirmou.

O dia também foi repleto de surpresas. Os profissionais se mobilizaram para ornamentar o local e montar um coral. Ensaiaram, se caracterizam com gorros do “Noel” e cantaram diversas canções para os pacientes na recepção. Além disso, eles puderam assistir à retrospectiva dos eventos realizados na Oncologia e CTA e participar do sorteio de brindes.

“A nossa missão é cuidar e que, a cada paciente, a gente possa oferecer o nosso melhor e a nossa equipe faz isso diariamente. Muito obrigado”, disse a psicóloga Carmem Costa.

Conforme explicou a coordenadora administrativa da Oncologia e CTA, Iane Costa, ações como essa são planejadas para fortalecer a relação com o paciente, criando um elo de confiança e carinho.

 “O paciente oncológico vem com receio. Então, a gente acolhe a todos e faz dessas atividades uma forma para quebrar essa barreira. A confraternização é mais significativa porque marca a conclusão de mais um ano. Enfrentamos as dificuldades juntos e estamos preparados para iniciar 2020”, afirma Iane.