Voltar

Eu Ajudo na Lata

Eu Ajudo na Lata

Marília Lira, estudante do Colégio Santíssimo Senhor, já juntou 9 garrafas pet

Eu Ajudo na Lata

Marília Lira, estudante do Colégio Santíssimo Senhor, já juntou 9 garrafas pet

11 Julho 2019

A estudante do 3º ano do ensino fundamental, Marília Moura Lamenha Lira, tem apenas oito anos e já Ajuda na Lata. Consciente da importância da sustentabilidade, nas horas vagas, a garota recolhe lacres de alumínio para a campanha da Unimed Maceió, que estimula a reciclagem e incentiva as pessoas a apoiarem uma causa social: garantir que pessoas com necessidades especiais tenham acesso a cadeiras de rodas.

Marília procura lacres no chão, pede ajuda aos pais, amigos e familiares, e, às vezes, até a quem ela não conhece. Tudo isso por uma boa causa: ajudar a quem precisa. A menina conta que soube da campanha em seu colégio, o Santíssimo Senhor, que é parceiro da Unimed Maceió na campanha Eu ajudo na Lata.

Agora, em todos os lugares que ela vai, sempre está de olho nas latinhas de alumínio. “Quando eu fui à praia São Miguel dos Milagres, perguntei pros turistas se eu podia pegar o lacre das latinhas deles, disse o meu nome, disse que estava juntando lacres para comprar uma cadeira de rodas, para as pessoas que não podem comprar. Eles se interessaram e me pediram para falar sobre a campanha”, contou.

A garota talvez nem saiba, mas sua atitude, além de ajudar as pessoas que precisam de mobilidade também é fundamental para o meio ambiente, já que o alumínio, quando no reciclado, pode demorar de 100 a 500 anos para se decompor.

E os planos da pequena Marília não param por aí. A estudante continua engajada na campanha, aonde ela chega já espalha a consciência ambiental e recolhe os lacres das latinhas de alumínio. “Já tenho mais três garrafas em casa. Na próxima semana vou levar para o colégio. Eu falei com um monte de gente, pedi a ajuda da minha mãe, do meu tio, pra o Lucas, pra minha prima, e o pessoal me ajudou, trazendo os lacres pra mim. Fico muito feliz porque é muito bom ajudar os outros. Porque se você ajudar ao próximo, você pode ser ajudado um dia também”, disse.

Quer ajudar a Marília? É muito simples! Junte o maior número possível de lacres de alumínio (pode colocá-los em garrafas pet, que facilitam o transporte) e entregue nos postos de arrecadação da Unimed Maceió. Todo alumínio será vendido e o dinheiro obtido usado na compra de cadeiras de rodas e outros itens de locomoção. A entrega será feita no final do ano a instituições sociais.