Voltar

Consumo de álcool entre adolescentes

Consumo de álcool entre adolescentes

Pesquisas mostram que está aumentando o consumo de bebidas alcoólicas entre os adolescentes no Brasil. Saiba como ajuda-los e instruí-los nesta fase da vida

Consumo de álcool entre adolescentes

24 Setembro 2018

A mais recente Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelou que o consumo de álcool entre os adolescentes está alto no Brasil. A amostra apontou que 55,5% dos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental já haviam consumido uma lata de cerveja, uma taça de vinho ou uma dose de cachaça ou uísque. Além disso, 21,4% informaram que já sofreram algum episódio de embriaguez.

O consumo precoce e excessivo de bebida alcoólica colabora para outros problemas como baixo rendimento escolar, acidentes, violências e outros comportamentos de risco como tabagismo, uso de drogas ilícitas e sexo desprotegido. Veja no box abaixo como pais e familiares podem ajudar os adolescentes na prevenção ao consumo precoce e excessivo do álcool.

 

PREVENÇÃO NA PRÁTICA

 

Converse com crianças e adolescentes

Converse com seus filhos sobre os perigos do álcool, incluindo o consumo excessivo de bebida. Crianças que são advertidas sobre o álcool por seus pais e que relatam relações próximas com eles são menos propensas a começar a beber.

 

 

 

Fatores sociais e culturais

Ter amigos ou um parceiro próximo que bebe regularmente pode aumentar o risco de problemas relacionados ao uso de álcool. Para os jovens, a influência dos pais, colegas e outros modelos pode ser um sério fator de risco.

 

 

Comportamento

A intervenção precoce pode prevenir problemas relacionados ao álcool em adolescentes. Esteja atento caso ele perca interesse em atividades ou com a aparência pessoal; se estiver com olhos vermelhos, fala arrastada, problemas de coordenação e lapsos de memória; problemas escolares; mudanças de humor frequentes; e comportamento defensivo.

 

 

Acompanhamento

Se seu filho adolescente já passou por algum tratamento devido ao consumo de álcool, peça orientação médica sobre quais cuidados são importantes para ajudar a prevenir o consumo excessivo de bebidas alcoólicas no futuro.

 

Esteja presente

Avalie se está sendo um bom ou mal exemplo para o seu filho quanto ao consumo de álcool. Além disso, deixe que seu filho saiba qual comportamento você espera dele e as consequências se ele ou ela não seguir as orientações. Por fim, converse abertamente, passe tempo de qualidade em conjunto e envolva-se ativamente na vida dele.


Texto: Jailde Barreto / Design: Alex Mendes e Gustavo Deip

Fonte: Mayo Clinic

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (7 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em