Voltar

Cuidados com a Dengue

Cuidados com a Dengue

Equipe da Medicina Preventiva da Unimed Machado fala sobre a Dengue

Cuidados com a Dengue

Equipe da Medicina Preventiva da Unimed Machado fala sobre a Dengue

4 Março 2010
A equipe do Programa de Medicina Preventiva da Unimed Machado alerta clientes e toda comunidade sobre os cuidados com a Dengue.

O que é a Dengue?

A Dengue é uma doença causada pelo vírus do gênero flavivírus, cuja transmissão ocorre através da picada dos mosquitos Aedes Aegypti e Aedes Albopictus.

“Ao contrário do que muitos pensam, a dengue é uma doença perigosa que pode, inclusive, levar à morte, dependendo das condições físicas de quem a contraiu e da demora para ser diagnosticada, principalmente se for desenvolvida em sua forma hemorrágica”, explica Paula Carvalho Passos, enfermeira da Medicina Preventiva da cooperativa.

Quais são os sintomas da doença?

“Os sintomas de uma pessoa contaminada são: febre alta, dor nas articulações e músculos, dor de cabeça, pequenas manchas vermelhas no corpo, falta de apetite, fraqueza – em alguns casos, sangramentos de gengiva e nariz”.

Tratamento

“A pessoa com dengue deve ficar em repouso, beber muito líquido e só usar medicamentos para aliviar as dores e a febre, mas sempre com indicação médica”, lembra a enfermeira. Segundo ela, para quem já teve dengue uma vez, o cuidado deve ser redobrado, pois em uma segunda contaminação as chances são maiores de a doença evoluir para forma hemorrágica.

É importante lembrar também, que quem está contaminado não pode tomar remédios à base de ácido acetil salicílico, como por exemplo: AAS, Melhoral, Doril, Engov, Doloxene e Buferin, pois esses podem facilitar o sangramento.

Prevenção

Ainda não existe uma vacina para prevenir a dengue ou medicamento específico. Por esta razão, a melhor forma de prevenção é evitar a proliferação dos mosquitos transmissores.

“É necessário que as pessoas se atentem para alguns cuidados como, não deixar água, mesmo que limpa, parada em qualquer recipiente como garrafas, pneus, pratos de vasos de plantas e xaxim, bacias, copos descartáveis; e também, não se esqueçam de tampar caixas d’ água, cisternas, tambores, poços ou outros depósitos de água”, afirma a colaboradora do programa.

Dicas:

- Misture uma colher de água sanitária com um litro de água e borrife nas plantas de sua casa. A mistura não faz mal as plantas e mata os mosquitos.
- Lave bem os pratos de plantas e xaxim, passando um pano ou bucha para eliminar completamente os ovos de mosquitos. Uma boa solução é trocar a água por areia molhada nos pratinhos.
- Limpe calhas e lajes das casas.
- Guarde as garrafas de cabeça para baixo e em locais abrigados.

Prevenir ainda é o melhor remédio!


Ana Carolina Araújo