Voltar

Equipamento de Infusão Passivo

Equipamento de Infusão Passivo

Equipamento de Infusão Passivo

20 Julho 2011

COOPERADO LANÇA EQUIPAMENTO DE INFUSÃO PASSIVO EM FEIRA INTERNACIONAL

Entre os dias 24 e 27 de maio, o médico cooperado da Unimed Machado, Dr. Antonio Machado Dias, lançou um produto inovador durante a Feira Internacional Hospitalar que aconteceu em São Paulo.

Desenvolvido para monitorar a aplicação de soro ou qualquer outra substância líquida via intravenosa, o MIP – Monitor de Infusão Passivo despertou o interesse de inúmeros visitantes da feira durante os quatro dias de evento. Dr. Antonio Dias, o engenheiro Álvaro Moreira Carvalho e a representante comercial Adriana Ferraciolli Carvalho, foram os responsáveis em apresentar o monitor aos participantes da feira.

De acordo com Dr. Antonio Dias, o aparelho foi alvo da atenção de médicos, enfermeiros e até mesmo de distribuidores. “Recebemos propostas de representações de muitos estados brasileiros e, inclusive, do exterior”, conta.

Visitantes de países como Angola, Argentina, Bolívia, China, Equador, Paraguai e Peru também marcaram presença no estande para conhecer e testar a eficácia do equipamento. “A Feira Hospitalar foi usada como vitrine para nosso produto e atendeu todas as nossas expectativas, já que atraímos pessoas dos mais diversos lugares do mundo interessadas na tecnologia apresentada”, revela o médico.

A Feira Hospitalar de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para Hospitais, Laboratórios, Farmácias, Clínicas e Consultórios é o mais importante evento de saúde das Américas. Na sua 18ª edição, neste ano de 2011 atraiu 91 mil visitas de dirigentes hospitalares, profissionais do setor de saúde e empresários da indústria do Brasil e de outros 62 países, que foram aos pavilhões do Expo Center Norte conferir os lançamentos apresentados por 1.250 empresas expositoras, das quais 525 estrangeiras, representando 34 países.

O MIP

Inovador, prático, portátil, não invasivo e de fácil operação, o MIP oferece como vantagens os quesitos tempo, economia e segurança. “Com o MIP realizando o controle de soro nos hospitais, por exemplo, a equipe de enfermagem ficará disponível para outras tarefas, sem precisar se preocupar em ficar o tempo todo monitorando o soro aplicado no paciente,” exemplifica Dr. Antonio Dias.

O equipamento também é ajustado manualmente e calcula a quantidade de gotas por minuto, recurso que permite saber o volume exato do soro que está sendo infundido no paciente. “Trata-se de um dispositivo barato, de baixo custo de manutenção, e que ainda é capaz de detectar defeitos em equipos.”

Um dos grandes diferenciais do monitor está na redução dos custos, pois além do equipo utilizado ser o convencional, cujo custo é cerca de 3.000% menor que o usado em bomba de infusão, ainda pode ser calibrado tanto para macro quanto para microgotas.

No que diz respeito às vantagens do MIP para o médico e para o paciente, o equipamento proporciona mais tranquilidade já que através dele é possível saber se o volume de soro infundido é exatamente o que foi prescrito, e ainda, caso o equipo escape ou a aplicação fique abaixo ou acima do limite de gotejamento, o monitor ainda emite um alarme sonoro.

O Monitor de Infusão Passivo já está em funcionamento na Santa Casa de Machado e também no Espaço Saúde Unimed, e em breve, estará disponível em todos os hospitais brasileiros, contribuindo para a melhoria da qualidade do atendimento.

Para saber mais sobre o produto entre em contato pelo e-mail vendas@mip.med.br ou pelos fones: (35) 3295-3727 ou (35) 8876-3727 (Adriana).


Ana Carolina Araújo