Voltar

Enxaqueca: Causas, sintomas e principais tratamentos

Enxaqueca: Causas, sintomas e principais tratamentos

Dr. Christiano Tanuri, neurologista cooperado da Unimed Marília, responde às principais dúvidas sobre o assunto.

Enxaqueca: Causas, sintomas e principais tratamentos

Dr. Christiano Tanuri, neurologista cooperado da Unimed Marília, responde às principais dúvidas sobre o assunto.

30 Abril 2021


Enxaqueca é uma doença crônica que compreende vários sintomas. Também conhecida por migrânea, é um tipo de dor de cabeça (cefaleia) que impossibilita as atividades, dependendo da intensidade. 

Com base biológica, a enxaqueca acomete pessoas com predisposição genética, porém, o consumo de alimentos como queijos, embutidos, chocolate, café e adoçantes com aspartame, excesso ou falta de sono, tabagismo, ingestão de bebida alcoólica e outros fatores, podem desencadear uma crise. 

Ansiedade e depressão, também podem frequentemente estar associados a uma crise de enxaqueca. Dr. Christiano Tanuri, neurologista cooperado da Unimed Marília, responde às principais dúvidas sobre o assunto.

Unimed Marília: O que caracteriza a enxaqueca?
Dr. Christiano Tanuri: Muitas vezes confundida com outras cefaleias, a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça que costuma provocar dores unilaterais e latejantes. As crises tendem a aparecer ocasionalmente, com duração de quatro até setenta e duas horas. Em casos extremos, a frequência pode ser diária. Às vezes, as enxaquecas são precedidas por sintomas de alerta. Os gatilhos incluem alterações hormonais, certos alimentos e bebidas, estresse e exercícios físicos.

Unimed Marília: Quais os sintomas da enxaqueca?
Dr. Christiano Tanuri: As dores de cabeça da enxaqueca podem causar latejamento em uma área específica que pode variar em intensidade. Também pode surgir acompanhada na maioria das vezes de náuseas, vômitos e intolerância a sons, luz e cheiros fortes.
Outros sintomas possíveis são: sudorese, mãos frias, palidez, incômodos digestivos e diarreia, sensibilidade ao toque da cabeça e couro cabeludo.
As dores são geralmente unilaterais, latejantes (ou pulsáteis), moderadas ou intensas, além de limitar as atividades diárias normais dos pacientes.

Unimed Marília: Quais os tratamentos existentes?
Dr. Christiano Tanuri: As opções de tratamento na Enxaqueca (Migrânea) se dividem em:

Modificações do Estilo de vida
É necessário que se identifique e evite os fatores desencadeantes de crises; mantenha hábitos saudáveis de alimentação, sono e atividade física, diminuindo seu estresse.

Tratamentos Não-Farmacológicos e Complementares
Relaxamento; Psicoterapia; Acupuntura; Massagem; Fitoterapia; Suplementos Nutricionais.

Medicamentos de uso agudo, sintomáticos
Triptanos; Antiinflamatórios; Analgésicos.

Tratamentos Preventivos Orais
Antiepilépticos, betabloqueadores, bloqueadores do canal de cálcio, antidepressivos tricíclicos, assim como bloqueio periférico com toxina botulínica.

Os objetivos do tratamento são: reduzir os dias com cefaléia; reduzir a duração das e intensidade das cefaleias.