Voltar

Profissionais da Unimed Marília alertam sobre os principais cuidados no verão

Profissionais da Unimed Marília alertam sobre os principais cuidados no verão

Usar filtro solar e ingerir líquidos estão entre as principais recomendações

Profissionais da Unimed Marília alertam sobre os principais cuidados no verão

Usar filtro solar e ingerir líquidos estão entre as principais recomendações

29 Janeiro 2021

 



A estação mais quente do ano chegou proporcionando maior exposição ao ar livre, mas ao mesmo tempo, também é capaz de trazer alguns riscos para o nosso corpo, se os devidos cuidados forem tomados.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia assegura que os cuidados com a pele devem ser intensificados a cada ano que passa, visto que a radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra com o passar do tempo. Neste artigo vamos abordar sobre quais cuidados devemos tomar tanto com a pele, quanto com alimentação, para aproveitar ao máximo a estação mais quente do ano, sem sofrer nenhum dano.

De acordo com a dermatologista Maria Célia Bicudo, o uso de protetor solar é indispensável “ Recomendo os de fatores 50 ou mais, que devem ser aplicados a cada três horas, porém se houver exposição excessiva ao sol, a reaplicação deve ser reforçada de hora em hora”.

Outra dica importante é quanto a hidratação, Dra. Célia explica que, para manter a pele saudável nessa estação é necessário que crie o hábito de se manter hidratado “A ingestão de líquidos durante o dia, independente da sede, é importante para repor o que perdemos ao transpirar”.

O horário recomendado para a exposição segura é antes das 10h e depois das 16h, já que entre esses horários a radiação UVB, que provoca queimaduras e aumenta o risco do desenvolvimento de câncer de pele, é maior “Os principais riscos de exposição entre 10h00 e 16h00 são fotoenvelhecimento, câncer de pele e também melasma” afirma Dra. Célia.
Usar roupas leves, óculos de sol e chapéu também ajuda na proteção da pele, couro cabeludo e olho e evitam o aparecimento de doenças decorrentes da exposição solar, outra forma de prevenção é sempre que voltar de um passeio, tomar banho e sempre trocar as roupas.

Crianças e idosos merecem atenção redobrada, pois são mais sensíveis e desidratam com facilidade.

Alimentação e hidratação
A Nutricionista Simone Crivelaro Bertassi Cabana do Espaço Viver Bem da
Unimed Marília, assegura que uma boa hidratação com água (no mínimo 2 litros ao dia), chás naturais gelados, sucos naturais sem adição de açúcar e água de coco é o primeiro passo para encarar bem o período mais quente do ano “Devido ao aumento da nossa transpiração, a ingestão de líquidos deve ser constante ao longo de todo o dia e não somente nos momentos em que sentir sede”.

É sempre válido optar por refeições mais leves com carnes magras, evitando frituras, molhos e preparações gordurosas, que possuem uma digestão mais difícil “Frutas, verduras e legumes, além de serem alimentos refrescantes e leves para o verão, também contribuem para a hidratação, uma vez que possuem mais líquidos e sais minerais em sua composição”, pondera.

Para aquelas pessoas que gostam de manter um bom bronzeado, fica a dica de aumentar o consumo de alimentos amarelo-alaranjados, ricos em betacaroteno como cenoura, abóbora, manga, mamão, pêssego.

Para finalizar, orienta que devemos evitar alimentos ultra processados “Esse tipo de alimento possui em sua maioria pouquíssimos nutrientes e alto teor de sódio, contribuindo para uma maior retenção de líquidos, ainda mais no verão”.