Voltar

Segunda-feira sem carne?

Segunda-feira sem carne?

É possível eliminar a carne do cardápio uma vez por semana sem que isso acarrete em falta de vitaminas, em especial a B12, no organismo

Segunda-feira sem carne?

26 Agosto 2019

A segunda-feira é sempre conhecida por ser o primeiro dia da semana e ideal para dar início a grandes ou pequenas mudanças na rotina alimentar. Até já virou o “dia nacional da dieta”, mas o que você acha de aproveitar este dia para também fazer uma desintoxicação no organismo, deixando o seu prato livre de carnes e derivados?

Em 2003, os Estados Unidos criaram o movimento Segunda-feira Sem Carne, com o objetivo de incentivar as pessoas a deixarem de consumir produtos de origem animal, pelo menos uma vez por semana. Atualmente,a campanha atinge mais de 40 países, e foi lançada no Brasil em 2009, tendo apoio de governos, empresas e personalidades.

Além do consumo consciente, a campanha,estimulada pela Sociedade Vegetariana Brasileira,convida as pessoas a deixarem o prato mais colorido e a descobriremnovos sabores, substituindo a proteína animal pela vegetal uma vez por semana.

Para quem não abre mão de saborear um bom churrasco ou um bife suculento, pode ficar tranquilo, afinal, de acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, preparado pelo Ministério da Saúde, a recomendação para o consumo diário de um adulto é de uma porção equivalente a 100 gramas de carne magra por dia. Ou seja, não será a retirada do alimento de um dia na semanaque vai prejudicar a absorção de ferro e de outros minerais e vitaminas no organismo. Até porque há estudos que recomendam o consumo de carne vermelha – seguindo esse tamanho de porções por dia -, por no máximo três vezes por semana.

Substitua uma refeição de cada vez

Agora, se para você eliminar de uma vez a carne e derivados de todas as refeições em um único dia for uma tarefa difícil, a dica é começar eliminando o alimento de uma refeição, depois de duas, até você conseguir passar o dia sem nenhum desses produtos no prato.

Para substituir a carne, a dica é investir em alimentos vegetais igualmente proteicos. Os principais são as leguminosas (todos os tipos de feijão, além da lentilha, ervilha, grão-de-bico e soja). Aquinoa, as castanhas e a aveia também são boas opções de proteínas vegetais que podem fazer parte do cardápio.

Excesso de carne pode causar câncer

De acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca), carnes vermelhas como a de boi e a de porco, quando consumidas em excesso, podem facilitar o desenvolvimento de câncer no intestino. Isto ocorre porque esses alimentos possuem grandes quantidades de ferro heme, nutriente essencial ao corpo, mas que, se ingeridos indiscriminadamente, pode ter efeito tóxico sobre as células. Por isso, a recomendação do Incaé de consumir, no máximo, 500 gramas de carne cozida por semana.

 

Com moderação, pode

Não podemos condenar a carne por retirá-la do prato uma vez por semana. E sim, orientar sobre os seus benefícios à saúde ao consumi-la com moderação. Afinal, ela é fonte de ferro com alta taxa de absorção e utilização no organismo, essencial para o crescimento saudável das crianças e também para mulheres grávidas – que, se vegetarianas ou veganas, devem ter acompanhamento médico adequado para fazer a suplementação necessária. Além disso, a carne vermelha é rica em uma vitamina que só o alimento de origem animal é capaz de nos fornecer: a B12, que participa da formação de células vermelhas do sangue e do metabolismo de ácidos graxos, essencial para a memória e para o aproveitamento do ferro. Ou seja, a deficiência da vitamina B12 pode levar a anemia, estomatite, perda da sensibilidade corporal, falha na memória e até a danos neurológicos.


Texto: Fabiana Gonçalves | Edição: Ana Carolina Giarrante e Michel Vita | Design: Alex Mendes

Fonte: Blog do Ministério da Saúde, Instituto Nacional do Câncer (Inca), Instituto Net Claro Embratel, Sociedade Vegetariana Brasileira e Hospital Sírio Libanês

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (5 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Ver todas Noticias

Notícias Unimed ver todas as notícias

2° via de boleto

2° via de boleto 2° via de boleto ...

Trabalhe conosco

Seja um Colaborador Unimed ou Um Jovem Aprendiz   IMPORTANTE: Estou ciente que sou responsável pela veracidade das informações enviadas. Qualquer divergência e/ou...

Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em