Voltar

Perucaba Vivo’ une setor público e privado em defesa do meio ambiente

Perucaba Vivo’ une setor público e privado em defesa do meio ambiente

Perucaba Vivo’ une setor público e privado em defesa do meio ambiente

O Projeto Perucaba Vivo está lançado! Surge da união da iniciativa pública e privada, de estudantes universitários e pessoas da comunidade comprometidas com a preservação do meio ambiente e busca o desenvolvimento ecológico e urbanístico da região do Lago da Perucaba, em Arapiraca. E a primeira ação conjunta já resulta na plantação de árvores nativas e na busca de mais conhecimento da paisagem e dos recursos naturais da região em passeio por ecotrilha às margens do espaço. Novas perspectivas de ações já revelam que há disposição e comprometimento de todos em seguir adiante.

Unimed Metropolitana do Agreste, Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Prefeitura de Arapiraca, Centro Atlético Força de Campeão, Urbis Perucaba e Residencial Riviera do Lago são as entidades até então envolvidas no projeto, que colhe frutos de trabalho de pesquisa desenvolvido pelo professor Rubens Pessoa.

Ele é mestre da disciplina ecologia e conservação na Uneal e, nos últimos anos, tem realizado trabalhos de campo com alunos do curso de biologia da instituição. Rubens acredita que, com as ações pensadas com o Perucaba Vivo, o lago pode ficar mais bonito, para que a população possa utilizá-lo como espaço de lazer e convivência.

“Uma das programações da minha disciplina, que é ecologia e conservação, tinha a trilha ecológica no Lago da Perucaba, para valorizar o espaço que é tão bonito voltado para a questão ambiental. Fomos convidados para o Projeto Perucaba Vivo, agregamos valor, foi bem vinda a ideia, por isso estamos aqui hoje. Os alunos aprendem, dentro dessa disciplina ecologia e conservação, toda essa parte acadêmica de como conservar os espaços naturais e também aqueles que já foram modificados pelo homem. No caso aqui é um espaço que já foi construído pelo homem e agora com os empreendimentos imobiliários, está sendo bem valorizado. Que o poder público, a prefeitura possa revitalizar o lago com o cuidado de limpar a água, desviar os esgotos, todo esse cuidado que tem de ter para conservação, porque isso aqui vai ficar no futuro muito mais bonito do que é e para que a população possa utilizar como espaço de lazer e também de cultura”, considera Rubens Pessoa.

Pela parte da Metropolitana do Agreste, a área de meio ambiente e sustentabilidade estão presentes nas ações executadas todos os anos. E da sede da cooperativa partem os reforços à recuperação e melhoria das condições naturais da região do lago com a plantação de árvores nativas, doadas pelo ambientalista Cícero Galdino, nome reconhecido em Arapiraca quando se trata de preservação, conservação da natureza. No lançamento do projeto, ele estava presente ao cultivo das mudas plantadas em locais determinados em meio a trilha ecológica coberta pela ação.

“Nós temos o Selo de Responsabilidade Social desde de 2002 e trabalhamos trabalhamos neste sentido com a preservação da natureza, da vida. Com o Perucaba Vivo nos unimos com os parceiros do projeto, para nesta semana que comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente, plantarmos árvores, conhecermos melhor essa região do Lago da Perucaba, vê o que se está precisando nesta questão ambiental. Buscamos uma ação para minimizar o impacto ambiental, no sentido da limpeza da região, da educação dos moradores para que não poluam o lago. Existem várias ações que, com a união de todos, pretendemos fortalecer e melhorar cada vez mais o ambiente, para mantê-lo vivo. Este é um marco inicial para outras ações”, destaca Josâjela Lemos, gerente de marketing e comercial da Metropolitana do Agreste.

Presente ao lançamento do projeto, a superintendente de Meio Ambiente da prefeitura de Arapiraca, Priscila Nóbrega, lembra que o lago em tese pertence ao governo federal e também destaca a necessidade de se buscar e manter a qualidade da água do lago, promover peixamento no local, manter os cuidados necessários. A representante do município também fica a postos para as demandas que eventualmente devem surgir, para execução por parte do poder público.

O Lago da Perucaba é formado por nascentes existentes na região, mas atualmente ainda se encontra em processo de despoluição, ao mesmo tempo em que é cercado por condomínios, edificações e espaços públicos de convivência, o que se exige atenção e à tomada de medidas e ações da iniciativa pública e privada e da comunidade, que visem à preservação e à sustentabilidade ambiental. O Projeto Perucaba Vivo está voltado para isso!


Marcelo Amorim