Voltar

Josimara Listo Scarton Avelar

Josimara Listo Scarton Avelar

Mãe do Ghael

Josimara Listo Scarton Avelar

Mãe do Ghael

"O meu motivo da escolha do parto cesárea foi por não sentir dor (assim eu pensava). Mas, o meu parto não foi bem assim por causa da tosse que eu tive. Quando tossia parecia que estavam me rasgando toda. No primeiro dia foi bem difícil, já nos outros dias me passaram um medicamento e foi melhorando aos poucos.

Estava com consulta com o meu obstetra marcada para o dia 15/08. E como sou muito medrosa, tinha medo de passar mal antes do dia da consulta. Mas, eu entreguei tudo nas mãos de Deus e pedi a ele que desse tudo certo.

No domingo, dia dos pais (11/08), com 38 semanas completas, exatamente às 6h30 da manhã, comecei a perder líquido e falei com meu marido; “Vamos para Unimed que é hoje que o Ghael vai nascer.”

Peguei minhas coisas e a do Ghael e fomos ao hospital. Chegando na Unimed quem estava de plantão era o meu obstetra, confesso que senti um certo alívio quando soube que era ele.

Entrei no consultório, ele me perguntou como estava a perda de líquido, e eu disse que estava pouco. Ele fez o toque e já pediu para a enfermeira preparar o centro cirúrgico. Fiquei aguardando na sala de espera, próximo ao consultório. A minha bolsa se rompeu, me molhou toda, fiquei sem graça. Mas, a enfermeira disse que era normal que podia ficar calma, pois era assim mesmo.

Colheram o meu sangue e me levaram para os preparativos do parto. Quando entrei no centro cirúrgico, me bateu um medo. Comecei a chorar antes da hora. Graças a Deus a equipe médica era excelente e tentavam me acalmar de várias formas.

Só tenho a agradecer a Deus em primeiro lugar, pelo melhor presente que poderia ganhar: meu filho. Em segundo lugar, agradecer a equipe médica da Unimed por me tratarem tão bem.

Obrigada à todos!"


Parto Cesárea - 11/08/2019