Voltar

Segurança dos pequenos nas férias

Segurança dos pequenos nas férias

Certos cuidados são essenciais para preservar a segurança das crianças e a tranquilidade dos pais durante as férias escolares

Segurança dos pequenos nas férias

2 Dezembro 2010
É durante o período de férias que as crianças passam mais tempo em casa e, muitas vezes, sem um adulto por perto em tempo integral. Esse cenário é propício para expor a garotada a perigosas situações em meio a momentos de entretenimento e diversão. Por isso, por mais atentos que os pais sejam, alguns investimentos na casa podem ser determinantes para evitar acidentes domésticos e manter a alegria das férias.

De acordo com a organização não - governamental Criança Segura, os acidentes durante a infância são a principal causa de morte de crianças e adolescentes de 1 a 14 anos no Brasil. Não espere, portanto, um problema ocorrer para começar a agir. Veja abaixo alguns cuidados que devem ser observados na casa, sem descartar a supervisão de um adulto, e previna-se!

 

Quem mora em condomínios também deve fazer a criança evitar brincadeiras nas áreas próximas às garagens e verificar se os equipamentos do parquinho estão enferrujados ou quebrados. Já as piscinas são uma opção de diversão muito procurada pelas crianças durante o verão e devem, portanto, ganhar atenção especial. Não confie tanto na habilidade de nadar da garotada e saiba que capas e alarmes não eliminam totalmente o risco de acidentes.

Lembre-se: todos esses cuidados aumentam a segurança, mas não dispensam a supervisão de adultos.

Taise de Queiroz Bertoldi e Designer: Pabla Vieira

Fonte: Revista Veja (23 de dezembro de 2009) e Criança Segura

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (0 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em