Voltar

Pacientes da Unimed aprendem a aproveitar alimentos de forma integral

Pacientes da Unimed aprendem a aproveitar alimentos de forma integral

Pacientes da Unimed aprendem a aproveitar alimentos de forma integral

10 Maio 2019

Aproveitar o alimento integralmente pode representar bem mais do que economia no orçamento. É também uma forma de aperfeiçoar a preparação de pratos saudáveis, contribuindo também com a variedade deles. Esta proposta foi apresentada aos pacientes do grupo operativo Qualidade de Vida, atendidos pelo setor de Medicina Preventiva da Unimed Noroeste/RS, e faz parte do contexto de proporcionar orientações e atividades diferenciadas. A abordagem foi da nutricionista Ana Paula Garcia, integrante do Programa de Segurança Alimentar e Nutricional do Sesc denominado Mesa Brasil. O tradicional encontro mensal ocorreu nesta quarta-feira, 8.

A partir do tema “Aproveitamento Integral dos Alimentos”, Ana Paula explicou formas de utilizar produtos na totalidade, evitando o desperdício e potencializando o enriquecimento nutricional. Para tornar o encontro ainda mais atrativo fez a demonstração de práticas, elaborando preparações saudáveis com alimentos que, por vezes, são excedentes ou considerados “passados do ponto” (muito maduros) para utilização. As orientações da nutricionista também envolveram as vantagens de comprar produtos da época (frutas, verduras e legumes), os cuidados no armazenamento e a higienização adequada.

A nutricionista Marjana Manenti, que atua na área de Medicina Preventiva da Unimed, destaca que a questão alimentar é motivo de muitas dúvidas para os pacientes. “O objetivo é, ao menos uma vez ao ano, proporcionar atividades assim, incluindo a culinária experimental”, reforça.

A abordagem considerou a campanha Prato Cheio do Sesc, ação que faz parte do Programa Mesa Brasil. O grupo Qualidade de Vida integra as atividades desenvolvidas através do Programa de Atenção Integral à Saúde da Unimed Noroeste/RS.


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: