Voltar

Grupo de Qualidade de Vida da Unimed Noroeste/RS visita Museu Diretor Pestana

Grupo de Qualidade de Vida da Unimed Noroeste/RS visita Museu Diretor Pestana

Grupo de Qualidade de Vida da Unimed Noroeste/RS visita Museu Diretor Pestana

5 Julho 2018

Recordar tempos passados, lembrar da infância e além disso obter informações novas sobre a história do município de Ijuí foram objetivos da visita ao Museu Antropológico Diretor Pestana pelo grupo operativo de Qualidade de Vida da Medicina Preventiva da Unimed Noroeste/RS. A atividade foi realizada nesta quarta-feira, 4. Os pacientes visitaram a exposição permanente “Povoamento de Ijuí” e a temporária “A Energia nos Sistemas Biológicos”.

O assistente de pesquisa e extensão e guia Fabricio Souza relata que as visitas que o MADP recebe diariamente abrangem diferentes públicos. Os atendimentos são realizados de forma distinta, contando também com experiências diferentes. “É o caso do atendimento ao grupo da Unimed, no qual aconteceu uma troca de informações com os visitantes, que também ajudaram a contar as suas histórias vivenciadas no tempo interagindo com os acervos presentes na exposição”, afirma.

Para a enfermeira Dagmar Scholl Lauter, do setor de Medicina Preventiva, o passeio promoveu um momento de lazer e de aperfeiçoamento do conhecimento quanto a cultura local. Além disso valorizou a participação das pessoas do grupo em eventos culturais.

Para os visitantes foi um momento de voltar onde estavam antigamente. “Foi ótimo! A gente não tira tempo pra essas coisas e o conhecimento adquirido é muito enriquecedor”, conta a integrante do grupo Maria Catarina de Lima ao recordar da infância tirando fotos com a irmã em materiais que foram doados pelo pai. Erno Mundstock complementa dizendo que toda visita é um novo aprendizado. “Valeu muito a pena. Lembrei de várias coisas que conhecia, de quando eu mesmo montei a minha “jabiraca” em cima de um jipe. Pesquisei nos livros como funcionava e fiz a estrutura sozinho com madeira”, recorda.

Museu – Presente na comunidade regional há 57 anos, o Museu Antropológico Diretor Pestana é um espaço de preservação da memória da Região Noroeste do Estado. Na exposição de longa duração, um dos espaços que o MADP mantém possibilita a visitação guiada para compreender um pouco sobre a presença humana no território, a partir dos diferentes grupos que estão presentes. 

Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: