Voltar

Laboratório Unimed recebe certificado de Platina por excelentes resultados em programa de qualidade

Laboratório Unimed recebe certificado de Platina por excelentes resultados em programa de qualidade

Laboratório Unimed recebe certificado de Platina por excelentes resultados em programa de qualidade

18 Dezembro 2020

O Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Unimed Noroeste/RS completa 15 anos consecutivos com resultados excelentes no Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ), recebendo o certificado de Platina. Este reconhecimento evidencia a qualidade do serviço ofertado pela cooperativa aos usuários desde o início das atividades do serviço, com segurança e exatidão nos resultados. Patrocinado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, o Programa tem como objetivo a melhoria contínua e eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade.

Dessa forma, os laboratórios clínicos que participam de uma avaliação externa como esta podem melhorar continuamente o serviço prestado e, em consequência, auxiliar no diagnóstico e tratamento das enfermidades dos pacientes. O Laboratório de Análises Clínicas Unimed realiza aproximadamente 35 mil exames por mês, buscando constantemente novas tecnologias e aprimoramento científico, bem como a capacitação periódica da equipe. Para o diretor de Serviços Próprios da cooperativa, médico Marcelo Garzella, o resultado evidencia a segurança como um diferencial do Laboratório aos clientes Unimed, centrado na excelência e confiabilidade das análises.

Na avaliação, o PNCQ envia as amostras-controle ao laboratório participante, que recebe, analisa elas e envia a resposta. A partir daí são realizados cálculos estatísticos, levando em conta as análises de todos os laboratórios envolvidos, sendo que em 48 horas o relatório geral de avaliação já é divulgado. “O Controle Externo da Qualidade é um elemento fundamental para a garantia do serviço prestado pelo laboratório clínico moderno, assegurando a comparabilidade dos resultados com outros serviços, o que permite avaliar o desempenho a longo prazo. A avaliação considera um serviço de excelência aqueles com índices acima dos 80% de conformidade na análise das amostras, mas nossa meta é 95%, número que estamos alcançando e mantendo no Programa”, observa o coordenador do Laboratório, bioquímico Samir Pissinin.

Por meio de um programa como o do PNCQ, o laboratório clínico pode: 

- Obter informações do grau de desempenho analítico de seu laboratório em relação a todos os demais laboratórios participantes do PNCQ; 

- Detectar alguma não conformidade em seus processos, possibilitando a implantação de ações corretivas ou preventivas, alcançando deste modo um desempenho analítico necessário na avaliação do estado de saúde dos seus clientes;

 - Comparar resultados com os de outros laboratórios que utilizam a mesma metodologia ou outra diferente;

 - Estudar a influência dos métodos, padrões e calibradores utilizados;

 - Complementar a utilização do controle interno da qualidade que o laboratório Unimed possui nos diversos níveis (normais e patológicos);

 - Os laboratórios clínicos com controle interno de qualidade e que participam de um sistema de avaliação externa podem melhorar continuamente a qualidade do seu serviço e, em consequência, auxiliar no diagnóstico e tratamento das enfermidades dos pacientes.

Sobre o PNCQ O Programa Nacional de Controle de Qualidade teve início em 1976, durante a realização do 5º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas em Belo Horizonte/MG, onde foi distribuído a alguns laboratórios um soro liofilizado para determinadas dosagens em bioquímica. Hoje é o maior Provedor de Ensaio de Proficiência de porte nacional, com mais de 5 mil laboratórios participantes, representando o Brasil em diversas associações científicas internacionais.