Voltar

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS),

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS),

o Brasil é o país que apresenta maior prevalência de depressão na América Latina. E a pandemia fez crescer nossas questões de saúde mental.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS),

o Brasil é o país que apresenta maior prevalência de depressão na América Latina. E a pandemia fez crescer nossas questões de saúde mental.

12 Fevereiro 2021

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país que apresenta maior prevalência de depressão na América Latina. E a pandemia fez crescer nossas questões de saúde mental.

Entender que a saúde física e a saúde mental são equivalentes, andam juntas e que ambas precisam de cuidado é essencial!

Apesar das campanhas de vacinação, ainda é preciso se manter o máximo possível dentro de casa, evitando aglomerações e tomando os devidos cuidados de higiene e distanciamento social. Cuide da sua saúde mental a partir de algumas práticas:

  • Descanse. O sono regular interfere diretamente no equilíbrio emocional. Portanto, tente dormir 8 horas por dia. Busque atividades que auxiliem no sono profundo e de qualidade.
  • Alimente-se bem. Ter atenção ao que se come e priorizar uma dieta balanceada permite a ingestão de todos os nutrientes necessários ao organismo. Isso ajuda no bom funcionamento dos processos químicos do cérebro. Cuidar do corpo também é cuidar da mente.
  • Evite drogas como escape do estresse. Álcool e tabaco se tornam vícios e, a longo prazo, causam muito malefícios à saúde física e mental.
  • Fortaleça seus contatos, ainda que à distância. Uma conversa com amigos ou com a família por mensagens, ligações telefônicas ou vídeo chamadas podem aliviar sensações ruins. Também faz relembrar que existe uma rede de apoio com a qual você pode contar.
  • Tire um tempo para você. Não preencha seus dias apenas com atividades obrigatórias, libere um espaço na sua agenda para ler um livro, assistir a um filme, aprender uma habilidade nova, fazer exercícios físicos, ouvir uma música, cozinhar com tranquilidade. A escolha é sua: por você e para você.

Esses são apenas alguns dos principais aspectos que fazem a diferença para uma rotina saudável, que priorize o bem-estar e a saúde mental durante a pandemia. Leve em consideração aquilo que faz sentido de acordo com o seu estilo de vida e preferências - e coloque em prática o que funciona para você.