OUTUBRO ROSA NA OPERADORA UNIMED E HOSPITAL UNIMED NORTE DO PARANÁ

Assessoria Immagio Comunicação/ Laiz Auriglietti

OUTUBRO ROSA NA OPERADORA UNIMED E HOSPITAL UNIMED NORTE DO PARANÁ

Assessoria Immagio Comunicação/ Laiz Auriglietti

22 Outubro 2014

O câncer de mama atinge todos os anos, independentemente de sua idade, milhares de mulheres no Brasil. Diante disso, a Unimed Norte do Paraná (UNP) e Hospital Unimed (HUNP) apoiam o Outubro Rosa, mês de conscientização sobre essa doença e, com o tema “Salvar muitas vidas com um toque da Rosa”, vem realizando, durante todo o mês de outubro, postagens diárias em sua FanPage com informações explicativas sobre a doença, a fim de incentivar a prevenção e a conscientização sobre esse tipo de câncer que mais atinge as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Dra. Edna Makita, otorrinolaringologista e coordenadora do Serviço de Medicina Preventiva na UNP, salienta que a campanha Outubro Rosa visa conscientizar o maior número de mulheres quanto aos exames preventivos do câncer de mama, uma vez que o diagnóstico precoce, realizado antes dos sintomas e sinais surgirem, é o diferencial para o tratamento ser rápido e efetivo. “A mamografia realizada anualmente pode detectar uma doença em sua fase inicial, tornando o tratamento menos doloroso e prolongado. É preciso divulgar e orientar as mulheres principalmente após os 40 anos”, explica.

Nessa perspectiva, a UNP e HUNP tem se unido a todas as outras entidades no sentido de chamar a atenção para o símbolo da campanha que é o ROSA e orientar a todos os que utilizam ou freqüentam os serviços a aderirem à campanha. “Outra medida importante é alertar às mulheres acima de 40 anos, nossas beneficiárias que não realizaram os exames, por exemplo, a realizá-los, enviando correspondência ou através de telefonemas”, acrescentou a Dra.

A estimativa do INCA (Instituto Nacional do Câncer), segundo a Dra. Edna, é que em 2014 tenhamos 57 mil casos de Câncer de mama no Brasil, lembrando que na região Sul a média é de 71 casos para cada 100 mil habitantes, portanto a necessidade de um diagnóstico precoce é fundamental para a qualidade de vida das mulheres. “Atualmente as campanhas têm alertado sobre essa importância, tanto na saúde suplementar, quanto na saúde pública e mesmo assim existe uma parcela grande da população que mesmo tendo acesso ao exame não vê a importância da prevenção. Logo se explica a finalidade do Outubro Rosa, a de chamar a atenção de todas as mulheres para os exames necessários”, concluiu Dra. Edna Makita.


Ana Cristina K Fernandes