Voltar

Por que preferir os alimentos in natura?

Por que preferir os alimentos in natura?

Novo Guia Alimentar orienta sobre os benefícios de escolher alimentos nada ou minimamente processados.

Por que preferir os alimentos in natura?

5 Janeiro 2015
A segunda edição do Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde, já está disponível para consulta - a primeira edição foi lançada em 2006. Entre os destaques desta atualização está o incentivo para o consumo de alimentos in natura ou minimamente processados, obtidos diretamente de plantas e animais, os quais proporcionam uma alimentação balanceada e saudável, além de promover a sustentabilidade.

Alimentos in natura: são obtidos diretamente de plantas ou de animais e não sofrem qualquer alteração após deixar a natureza.

Alimentos minimamente processados: são alimentos in natura submetidos a processos como: limpeza, fracionamento, remoção de partes não comestíveis ou indesejáveis, secagem, moagem, fermentação, pasteurização, refrigeração e congelamento. Porém, não há acréscimo de açúcar, sal, óleos, gorduras ou outras substâncias ao alimento original.

Os alimentos obtidos diretamente de animais são ricos em proteínas, vitaminas e minerais. Porém, são pobres em fibras e podem conter grande quantidade de calorias por grama e de gorduras não saudáveis. Portanto, o Ministério da Saúde orienta incluir nas refeições os alimentos de origem vegetal que, na grande maioria, são ricos em fibras e nutrientes, e possuem menos calorias por grama em comparação aos de origem animal.



Clique aqui e acesse o Guia Alimentar completo.

Leia também::: Alimentos ultraprocessados são peças-chave nas suas refeições?


Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni

Fonte: Ministério da Saúde

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (0 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em