Voltar

Orientações de risco de queda

Orientações de risco de queda

Orientações de risco de queda

25 Setembro 2019

Os idosos estão muito mais suscetíveis a quedas do que outras pessoas, por isso a atenção dispensada a eles deve ser maior. As alterações fisiológicas como perda de massa muscular, perda de massa óssea, alterações de equilíbrio, tonturas, alterações visuais são fatores de risco de quedas. Doenças neurológicas como Parkinson, Alzheimer e efeito colateral de remédios também podem ser indicativos para uma queda.

Causas mais comuns de quedas em Idosos:

• Alteração na marcha (marcha lenta com passos curtos)

• Diminuição do equilíbrio

• Vertigens

• Confusão Mental

• Fraqueza Muscular

• Deformidades ósseas em joelhos e pés

• Efeitos colaterais de medicamentos, por exemplo para dormir.

• Hipotensão ortostática

• Alterações posturais

• Doenças Neurológicas

 

Consequências de uma queda

Uma queda é sempre preocupante, ás vezes por um pequeno descuido e distração, como ir ao banheiro, desníveis e degraus ou tropeçar no tapete da sala, pode-se levar um tombo daqueles!

A queda no idoso, pode ser mais perigosa do que se parece e nunca deve ser ignorada. A cada nova queda, a resistência do indivíduo torna-se menor resultando na possibilidade de outras quedas.

 

Como prevenir no banheiro

• Utilize tapetes antiderrapantes ao lado e dentro da banheira ou do box para sua segurança

• Instale barras de apoio nas paredes

• Aumente a altura do vaso sanitário com um elevador de assento

• Se possível, utilize uma cadeira de plástico firme, caso não consiga abaixar-se ou sinta-se inseguro

 

Como prevenir na cozinha

• Remova tapetes que promovem escorregões

• Limpe imediatamente qualquer líquido, que tenham sido derrubados no chão

• A bancada da pia deve ter aproximadamente 80 a 90cm, com gavetas de fácil abertura e travas de segurança

• Armazene comida, louça e demais acessórios em locais de fácil acesso

• Não suba em escada ou banquetas para alcançar os armários.

 

Como prevenir nas escadas

• Não deixe objetos espalhados pelo corredor

• Interruptores de luz devem estar instalados tanto na parte inferior quanto na parte superior da escada

• Evite tapetes no início ou no fim da escada

• Se possível coloque tiras adesivas antiderrapante em cada borda dos degraus

• Instale corrimões em toda a extensão da escada

 

Como prevenir no quarto

• Coloque uma lâmpada perto da sua cama

• Ilumine o caminho da sua cama ao banheiro

• Não deixe o chão do seu quarto bagunçado

• Evite utilizar tapetes.

 

Na sala e corredor

• Organize os móveis de maneira que facilite a passagem

• Mantenha boa iluminação no ambiente

• Cuide com fios e extensões que cruzem o seu caminho

 

Orientações gerais

• Cuide do seu calçado, substitua chinelos que estão deformados ou muito frouxos

• Nunca ande só de meia

• Levanta-se devagar para que não sinta tontura

• Organize sua medicação e respeite os horários estipulados

• Informe seu médico sobre os possíveis efeitos colaterais dos remédios

• Faça exames oftalmológicos anualmente

• Mantenha dieta rica em cálcio e vitamina D

• Realize banhos de sol diariamente

• Tenha sempre por perto o número de telefone de algum familiar ou do serviço de emergência

• Realize atividades físicas que ajudem a melhorar a agilidade, força equilíbrio e coordenação.