Voltar

Hospital promove campanha de sobrevivência à sepse

Hospital promove campanha de sobrevivência à sepse

Evento foi direcionado à equipe multidisciplinar com o objetivo de reforçar o Protocolo de Sepse

Hospital promove campanha de sobrevivência à sepse

Evento foi direcionado à equipe multidisciplinar com o objetivo de reforçar o Protocolo de Sepse

2 Outubro 2020

A Organização Mundial da Saúde calcula que, no mundo, cerca de 50 milhões de pessoas apresentem quadro de sepse, com 11 milhões de óbitos. No Brasil são registrados 670 mil casos, em média, por ano, e é uma das principais causas de mortalidade hospitalar tardia, superando o infarto do miocárdio e o câncer. A sepse é um conjunto de manifestações graves em todo o organismo, produzidas por uma infecção, que pode comprometer o funcionamento de vários órgãos do paciente, um quadro conhecido como disfunção ou falência de múltiplos órgãos.

Visando reforçar a capacitação da equipe em relação ao protocolo gerenciado de atendimento à sepse, o Hospital da Unimed Poços promoveu, nos dias 29 e 30 de setembro, mais uma Campanha de Sobrevivência à Sepse, por meio de blitz, sem aglomeração. O objetivo é  garantir reconhecimento precoce da sepse, o tratamento adequado e a reabilitação do paciente.

“A sepse é um evento que preocupa todos os profissionais de saúde de um hospital, por vários motivos, entre eles, a dificuldade do diagnóstico e o alto índice de mortalidade” , destacou o médico José Júlio Balducci, diretor do Hospital Unimed Poços “Por esse motivo temos promovido campanhas e investido no treinamento da nossa equipe multidisciplinar visando garantir um diagnóstico precoce e tratamento rápido e eficaz aos beneficiários, por meio do cumprimento do nosso protocolo, que está com 85% de efetividade, uma taxa considerada muito boa”.

Com o tema Juntos, vamos vencer a sepse! campanha do Hospital da Unimed Poços foi direcionada aos colaboradores

 


Ana Luisi

Fonte: Unimed Poços