Voltar

Dor nas costas no trabalho

Dor nas costas no trabalho

Dor nas costas no trabalho

28 Janeiro 2019

Dores nas costas já são a principal causa de afastamento do trabalho

 

É muito comum se queixar ou ouvir colegas de trabalho se queixando de dores nas costas. Segundo dados divulgados recentemente ela Secretaria da Previdência, a dor nas costas tem liderado os motivos de afastamento em todo o país. No total, foram mais de 83 mil casos em 2017.

Existem casos em que a dor é devido à predisposição genética, quando a pessoa já possui problemas de coluna na família. Mas, segundo o ortopedista Fernando Rebishcke, a maioria dos casos é consequência de má postura nas atividades de trabalho.

“A postura envolve força e tônus musculares. Muitas das pessoas tendem a realizar esforços físicos sem que tenham tônus muscular adequado. Pra se ter ideia, para carregamento de peso, o indicado é até 10% do peso corporal. Por exemplo, uma pessoa com 80Kg pode, com segurança, carregar 8Kg. Mais que isso, se ela não tiver tônus muscular, pode ser prejudicial”, explica o médico.

 

Dicas para evitar dores nas costas causadas pelo trabalho:

- Observar as normas de segurança do trabalho para cada atividade que o trabalhador venha a fazer.

- Para trabalhos pesados, que exigem esforço, é necessário que a pessoa tenha musculatura e postura adequadas.

- Boa alimentação. A parte muscular precisa de proteína, então é importante alimentar-se corretamente.

- Boa qualidade de sono. Pessoas que não dormem bem sentem mais dores musculares.

- Não ficar sentado por muito tempo, pois favorece os problemas na lombar.

- Durante o trabalho, levantar, esticar a coluna e fazer alongamentos.

 

Tratamentos:

De acordo com o Dr. Fernando, a grande maioria dos casos pode ser solucionada com melhora na postura, fortalecimento muscular e anti-inflamatórios. Quando há degeneração dos discos intervertebrais, pode ser indicado o uso de colágeno, vitamina C e vitamina D.

“Fisioterapia, exercícios físicos adequados, como natação, pilates e laborais também podem ser uma forma de tratar. Quando houver dores frequentes na coluna e dor na coluna com irradiação pra uma das pernas é bom passar por avaliação com um médico pra fazer uma análise e chegar a um diagnóstico”, orienta o ortopedista.

 


Liziana Freitas