Voltar

HGU e Lab mantém acreditação ONA 2

HGU e Lab mantém acreditação ONA 2

HGU e Lab mantém acreditação ONA 2

21 Maio 2020

 

O Hospital Geral Unimed (HGU) foi recomendado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) a manter a certificação nível II – pleno.

No final de fevereiro, a instituição recebeu a visita do Instituto de Planejamento e Pesquisa para a Acreditação de Saúde (IPASS), quando a equipe multidisciplinar de avaliadores verificou as evidências dos requisitos da norma para o selo de qualidade.

O relatório da visita, com a oficialização da manutenção do selo de acreditação, foi recebido pela cooperativa recentemente, assim como a publicação no site da ONA.

Dentro das exigências que compõem o nível II estão os itens relacionados ao atendimento de padrões de qualidade e de segurança e os padrões de gestão integrada, que incluem integração de processos e comunicação fluida.

Na auditoria, foram checados critérios de qualidade em áreas como comitês e comissões, internações, unidades de terapia intensiva, pronto atendimento, distribuição de materiais, contratos, serviços próprios e terceirizados.

Durante a devolutiva para as equipes do hospital, o avaliador do IPASS, Adriano Antunes da Silva, destacou o amadurecimento da instituição na condução dos fluxos. “Nessa visita, foi muito perceptível a evolução na forma de caminhar nos processos internos, criando uma identidade do HGU no cuidado, que é resultado do engajamento das equipes”.

De acordo com a gerente do núcleo de Gestão da Qualidade (NGQ) da cooperativa, Monica Traub, a cultura assistencial amadureceu e contribuiu diretamente para o resultado da reavaliação. “Após a mudança de nível na acreditação, em junho do ano passado, as equipes mantiveram o foco e a melhoria contínua. Essa dedicação diária, ao longo desse período, é que nos permitiu receber a indicação para manutenção, com a integração de todos os processos internalizada em cada um e nas áreas”.

 

 

Laboratório

No ano passado, o Laboratório Unimed também recebeu a acreditação nível pleno pela ONA, tornando o único do estado e, assim como o HGU, foi indicado para manter a certificação.

Segundo o diretor financeiro da Unimed Ponta Grossa, Eduardo Bacila de Sousa, a ampliação do número de postos de coleta e os investimentos em profissionais e tecnologia favoreceram os processos e impactaram diretamente na conquista. “Atravessamos um processo de amadurecimento e, hoje, os processos e rotinas fluem muito natural e consistentemente. Nossos serviços próprios estão robustos e realmente entregando qualidade aos beneficiários e pacientes”.

 

 

Entenda o processo de acreditação ONA

Para certificar uma instituição, a ONA conta com padrões e requisitos, reconhecidos internacionalmente, que visam promover qualidade e segurança na assistência e prestação de serviços de saúde.

A adesão ao processo de acreditação é voluntária, já que a ONA não tem caráter de fiscalização e não é prescritiva. O certificado é válido por dois anos e, durante este período, são feitas as avaliações de manutenção de seis a oito meses.

Existem três níveis de acreditação: Nível 1 – Acreditado, para instituições que atendem os critérios de segurança do paciente; nível 2 – Pleno, para instituições que também apresenta gestão fluida e comunicação entre as atividades; e nível 3 – Excelência, para instituições com cultura organizacional de melhoria contínua.

O HGU foi acreditado ONA nível I em 2012, tendo sido o primeiro hospital do Sistema Unimed no Paraná a conquistar a certificação e, até o momento, é o único de Ponta Grossa e região a contar com acreditação. O intuito do hospital com esses avanços nos degraus de acreditação é reforçar a filosofia do jeito de cuidar Unimed, alinhado com a preservação da segurança do paciente e do atendimento humanizado.


Liziana Freitas

Fonte: UNimed PG/HGU/Laboratório Unimed