Voltar

Destemidas Marias: Unimed Porto Velho lança projeto pela vida contra a violência doméstica

Destemidas Marias: Unimed Porto Velho lança projeto pela vida contra a violência doméstica

Destemidas Marias: Unimed Porto Velho lança projeto pela vida contra a violência doméstica

15 Outubro 2019

O projeto “Destemidas Marias”, uma campanha pela vida e sem violência doméstica, da Unimed Porto Velho, terá seu lançamento nos dias 25 e 26 de outubro, tendo como parceiros Ministério Público de Rondônia, Defensoria Pública do Estado e Tribunal de Justiça.

O presidente da Unimed Porto Velho, Robson Jorge Bezerra, conta que o projeto foi idealizado pela diretoria a partir de constatação de casos de colaboradoras que eram vítimas de violência doméstica. “Alguma medida deveria ser adotada pela cooperativa, para isso foi formada uma equipe multidisciplinar que desenvolvesse uma proposta de atuação para a prevenção desse agravo, surgiu então o projeto Destemidas Marias”, explica.

A assessora jurídica da Unimed Porto Velho, Iara Carolina Morsch Passos, é uma das idealizadoras do projeto. Ela conta que, considerando a extensão do projeto para toda a sociedade, vislumbrou-se a possibilidade de criação de um banco de dados interligado com as instituições públicas pertinentes, para acompanhamento e controle mais efetivo das notificações compulsórias de violência doméstica na rede credenciada em Porto Velho. “Assim nasceu a parceria com o Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública do Estado de Rondônia”, revela.

“Por se tratar de um fato social com índices tão preocupantes, a discussão sobre o tema deve se estender à sociedade. O projeto será lançado às nossas cooperadas e colaboradas, e, posteriormente, dando continuidade à sua implementação, será ampliado o alcance”, explica Saleh Mahmoud Abdul Razzak, diretor administrativo da Unimed Porto Velho.

O mês escolhido foi o Outubro Rosa, onde as atenções estão voltadas para os cuidados com as mulheres. Nos dias 25 e 26 serão realizadas palestras com os órgãos públicos parceiros, no Hospital Unimed e sede administrativa da cooperativa, respectivamente.

A sequência da execução do projeto, contará com um cronograma para realização de ciclos de palestras nas instituições interessadas, bem como início da capacitação, em parceria com o Ministério Público, da rede credenciada, para o adequado acolhimento das vítimas de violência doméstica, fortalecimento dos processos internos de notificação compulsória e formatação do banco de dados interligado.

Por se tratar de um projeto local, o título compõe a palavra “destemidas” em alusão à letra do Hino do Estado de Rondônia, que menciona os rondonienses como destemidos pioneiros, e “Marias” em associação à Lei Maria da Penha, representando a união de todas as mulheres unidas pela vida e sem violência doméstica.