Voltar

Mamaço 2019

Mamaço 2019

Mamaço 2019

29 Agosto 2019

Unimed Regional Sul Goias realiza quarta edição do evento Mamaço

A Unimed Regional Sul Goiás (Unimed RSG) aproveitou o primeiro domingo de agosto para realizar a quarta edição do Mamaço Unimed, um evento em prol do aleitamento materno que já se tornou uma tradição em Itumbiara (GO), reunindo lactantes, gestantes, mães e bebês em uma grande festa ao ar livre. Com o tema “Aleitamento e alimento”, o Mamaço Unimed aconteceu no dia 4 de agosto, na Avenida Beira Rio, um cartão postal da cidade às margens do Rio Paranaíba.

Responsável pela organização do Mamaço, o Setor de Medicina Preventiva da Unimed RSG preparou uma grande programação para receber as participantes e orientá-las sobre a importância da amamentação para a saúde do bebê e para o fortalecimento do vínculo dele com a mãe. Aberto a todos os interessados, o Mamaço também possibilitou o compartilhamento de experiências entre as mães e uma conversa descontraída e muito esclarecedora com a médica Maricel Abdala sobre saúde e amamentação.

No evento, que abriu as comemorações da campanha de incentivo ao aleitamento batizada de Agosto Dourado, também foram desenvolvidas diversas atividades, como Oficina de Shantala, Ofurô e técnica Sling realizadas pelas enfermeiras do grupo Humaniser. As participantes ainda foram contempladas com sessões de massagem com a massoterapeuta Anichely Xavier e a parceria com a empresa Mary Kay deixou as mamães ainda mais lindas no espaço beleza.

Assim como nas edições anteriores do Mamaço, o cantinho da foto tornou-se um local especial do evento e possibilitou às mães o registro fotográfico deste grande momento com seus bebês. Em um espaço muito bem decorado e aconchegante, elas foram fotografadas por Bruno Cardoso e receberam a foto impressa como lembrança deste importante momento e da grande contribuição que estão dando para o desenvolvimento de seus filhos com a amamentação.

O leite materno tem tudo que o bebê precisa, inclusive a água. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam que os bebês sejam amamentados pelo menos até os dois anos de idade ou mais e que o leite materno seja o único alimento da criança até o sexto mês de vida. Quanto maior o tempo de amamentação, maiores são os benefícios para a criança, que fica mais protegida contra riscos de infecções, diarreias, doenças respiratórias, otites e ainda ajuda a prevenir a obesidade e diabetes.