Voltar

Unimed Regional Sul Goiás entrega doações da campanha “Eu ajudo na lata”

Unimed Regional Sul Goiás entrega doações da campanha “Eu ajudo na lata”

Unimed Regional Sul Goiás entrega doações da campanha “Eu ajudo na lata”

30 Junho 2021

Anualmente a Unimed Regional Sul Goiás realiza a campanha social “Eu ajudo na Lata” com o objetivo de arrecadar lacres de latas de alumínio, que são vendidos e o valor angariado é usado na compra de equipamentos de acessibilidade.

Em 2020, na 8ª edição da ação, os lacres arrecadados foram revertidos em duas cadeiras de rodas.

Ciente das carências de alguns municípios da nossa região que muitas vezes necessitam desse tipo de equipamento para oferecer mais conforto e praticidade aos pacientes, a Unimed RSG selecionou duas cidades da região Sul de Goiás para entregar as doações. Em Bom Jesus de Goiás, a entrega foi realizada para a Secretaria Municipal de Saúde e em Goiatuba para a Secretaria Municipal de Assistência Social.

“Temos consciência da importância do nosso papel não apenas com nossos beneficiários, mas com toda a sociedade e acreditamos que podemos fazer a diferença. Com esta ação, convocamos a comunidade a nos ajudar em uma causa sustentável e conseguimos contribuir para o bem-estar das pessoas que buscam tratamentos de saúde”, disse Cláudia Fernandes – Analista de Sustentabilidade da Unimed RSG.

Brasil é um dos primeiros países no ranking da reciclagem de alumínio

Um levantamento feito pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) mostrou que o Brasil obteve um índice de reciclagem de 97,4% das latas de alumínio utilizadas no país, fechando o ano de 2020 como um dos principais líderes da reciclagem do material.

De acordo com o estudo, das 402,2 mil toneladas de latas vendidas, foram recicladas 391,5 mil, ou, aproximadamente 31 bilhões de unidades. Em 2019, o número de latas vendidas e recicladas foi menor. Na ocasião, foram 375,7 mil toneladas vendidas e 366,8 mil toneladas recicladas.

Além disso, a reciclagem de metais é responsável por uma enorme economia de energia. Apenas como exemplo, a produção de uma latinha de alumínio reciclada consome apenas 5% da energia da produção pelo processo primário.

Dados como estes ressaltam a importância de campanhas como a nossa e a conscientização de todos, rumo a um planeta mais sustentável. Por isso, seguimos com a ação por todos estes anos e, também, com a pergunta: “Eu ajudo na lata e você?”