Pronto Atendimento

 

O Pronto Atendimento Unimed Jaraguá do Sul conta com uma estrutura moderna, preparada para atendê-lo. Ao chegar, o cliente é acolhido por um profissional qualificado pelo Grupo Brasileiro de Classificação de Risco, que prioriza o atendimento, definindo a gravidade do caso. Lembre-se de que é necessário apresentar a carteirinha do convênio e um documento de identificação. Em casos de clientes menores de idade, também será preciso apresentar um documento e estar acompanhado do responsável.

Na estrutura de 04 consultórios, 12 leitos de observação e 13 box de inalação e medicação, os clientes podem ficar em observação clínica por até 12 horas e, quando necessário, serão encaminhados a um hospital da rede credenciada. 

Contamos com equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos e assistentes criteriosamente selecionados para poder oferecer ao cliente um atendimento humanizado e de excelência. 


Perguntas Frequentes

 

Quando procurar o Pronto-Atendimento?

Uma unidade de Pronto Atendimento é organizada a dar atendimento rápido para situações de maior gravidade. Casos de menor gravidade podem, sem prejuízo de qualidade e de segurança, ser resolvidos em um consultório. 

 

Além do atendimento de urgência e emergência o Pronto Atendimento realiza outros serviços? 

Sim, realizamos Curativos, Sangria Terapêutica, Aplicações de Medicações (vide Centro de Infusão), e pequenos procedimentos cirúrgicos. Para maiores informações entre em contato através do 3270-1400 ou pelo nosso whatsapp 99173-6675.

 

Qual a diferença entre Urgência e Emergência?

Uma situação de urgência é aquela que requer assistência médica imediata, com ou sem risco potencial de morte. Quando há ameaça iminente à vida ou sofrimento intenso, havendo necessidade de tratamento médico imediato, trata-se de uma emergência.

 

O que é Classificação de Risco?

Trata-se de um processo dinâmico de identificação dos clientes que necessitam de tratamento imediato, de acordo com o potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento. A adoção da classificação de risco Protocolo Manchester agiliza o atendimento de casos mais graves, contribuindo para priorizar a assistência e salvar vidas. Entenda melhor como funciona o atendimento por classificação de risco:

Emergência - Cliente recebe atendimento imediato, pois existe risco de  morte.

Muito urgente - Cliente recebe atendimento rápido.

Urgente - Cliente necessita de atendimento, mas ele não é considerado de emergência e pode aguardar o atendimento dos casos mais graves.

Pouco urgente - No caso menos grave, os clientes precisam de  atendimento médico, mas poderiam ser assistidos no consultório.

Não urgente - É o caso de menor complexidade e sem ligação com problemas recentes. Preferencialmente, deve ser acompanhado no consultório médico.

 

 

Maiores Informações
47 3270-1400