Voltar

Live discute parto seguro e respeitoso

Live discute parto seguro e respeitoso

Live discute parto seguro e respeitoso

As ações para um parto seguro e respeitoso se ampliam e são tema de live que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) promoverá, por meio do seu canal no Youtube, em 16 de setembro, das 15h às 17h15. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até as 14h desta quinta-feira.  

O evento, sob o tema “#Live - Parto seguro e respeitoso: por onde começar?” faz parte das ações da Aliança Nacional para o Parto Seguro e Respeitoso, que reúne, além da ANS, quase 50 entidades. Trata-se de esforço em prol do cuidado materno neonatal, liderado pela Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp).

A iniciativa nasceu com o objetivo de defender o direito das mulheres e dos recém-nascidos ao cuidado seguro e ao atendimento de qualidade durante a gestação, o parto e o puerpério.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informa que 830 mulheres morrem no mundo, diariamente, por causas evitáveis relacionadas à gravidez e ao parto. Os números são ainda maiores quando se trata especificamente dos bebês: anualmente, 2,5 milhões morrem logo após o nascimento.

Essa tragédia, que foi agravada pela pandemia, levou o Brasil a registrar 38 óbitos maternos por Covid-19 a cada semana em 2021, segundo o Observatório Obstétrico Brasileiro.

A Aliança Nacional para o Parto Seguro e Respeitoso está alinhada à campanha da OMS para celebrar o Dia Mundial da Segurança do Paciente 2021, que ocorre em 17 de setembro e tem como tema, neste ano, “Cuidado materno e neonatal seguro”.

 

Unimed Santos participa do esforço

A iniciativa da Aliança Nacional para o Parto Seguro e Respeitoso vem ao encontro do Movimento Parto Adequado, programa implementado pela ANS, em 2015. A Unimed Santos foi uma das primeiras operadoras de saúde a aderir ao Parto Adequado, em parceria com o Hospital São Lucas.

O objetivo do Movimento é melhorar a experiência de parto entre as beneficiárias de planos de saúde e reduzir, de forma segura, o percentual de cesarianas desnecessárias. A iniciativa busca aumentar a qualidade e a segurança da atenção ao parto e ao nascimento.

O Movimento Parto Adequado é uma parceria da ANS com o Hospital Israelita Albert Eisntein e o Intitute for Healthcare Improvement - IHI. A Unimed Santos contribuiu com o Hospital São Lucas na adequação das instalações para integrar o Movimento Parto Adequado, assim como é responsável pelo custeio de profissionais que atuam no projeto.

Com o apoio da Unimed Santos, a maternidade do Hospital São Lucas tornou-se referência em atenção à mulher e ao bebê, com humanização, segurança e respeito.

 

Avanços e desafios em debate

15h - Abertura

Vídeos: Por que aderir à Aliança ao Parto Seguro e Respeitoso?

• César Serra (Diretor de Desenvolvimento Setorial Substituto da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS)

• Miguel Cendoroglo Neto (Diretor-Superintendente Médico e Serviços Hospitalares do Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE)

• Paulo Borem (Diretor Sênior do Institute for Healthcare Improvement - IHI)

 

15h10 Mesa 1 - Por que falar sobre mortalidade materna importa?

• Ana Paula Cavalcante (Gerente de estímulo à inovação e avaliação da qualidade setorial da ANS)

• Linus Fascina (Gerente do Departamento Médico de Maternidade e Pediatria do Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE)

• Victor Grabois (Presidente da Sociedade Brasileira pela Qualidade e Segurança do Paciente - SOBRASP)

 

16h Mesa 2 - Talk Show: Por um parto seguro e respeitoso: como melhorar os desfechos do cuidado materno e neonatal no Brasil?

• Maria do Carmo Leal (Professora e Pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca - ENSP/Fiocruz)

• Roseli Calil (Dra. em Pediatria, Médica da Divisão de Neonatologia e Coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher – CAISM da Unicamp e Representante da Sociedade Brasileira pela Qualidade e Segurança do Paciente- SOBRASP)

• Rômulo Negrini (Coordenador Médico de Obstetrícia do Hospital Israelita Albert Einstein – HIAE)

• Jacqueline Torres – (Enfermeira Obstetra e Especialista em Regulação em Saúde Suplementar da ANS e Faculty do Institute for Healthcare Improvement)

 

17h10 Considerações finais

• Pedro Villela (Diretor-Adjunto Substituto da Diretoria de Desenvolvimento Setorial da ANS)

• Ana Paula Cavalcante (Gerente de estímulo à inovação e avaliação da qualidade setorial da ANS)

• Linus Fascina (Gerente do Departamento Médico de Maternidade e Pediatria do Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE)

• Victor Grabois (Presidente da Sociedade Brasileira pela Qualidade e Segurança do Paciente - SOBRASP)

 

17h15 - Término do Evento

 

SERVIÇO

“#Live - Parto seguro e respeitoso: por onde começar?”

16/09, das 15h às 17h15

Canal da ANS no YouTube