Voltar

Unimed oferece palestras de saúde na Mineradora Jundu

Unimed oferece palestras de saúde na Mineradora Jundu

Unimed oferece palestras de saúde na Mineradora Jundu

25 Setembro 2019

Prevenir e cuidar são propostas do Núcleo de Saúde Integral que, dentre outras atividades, leva informações sobre saúde a diversos públicos, a exemplo do programa de Palestras em Empresas vinculadas à Unimed São João del Rei. O programa desenvolve ações de promoção de saúde, entre os dias 23 e 27 de setembro, na Mineração Jundu, durante a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPATMIN).

A abertura foi na última segunda e teve a palestra da enfermeira Christiane Ribeiro Fernandes que falou sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST). Durante sua fala, enfatizou os sintomas, formas de contaminação e, principalmente, a necessidade de prevenção dessas doenças.

Christiane alerta sobre a relevância de usar preservativo e se não o utilizar por algum motivo, fazer os testes para saber se foi contaminado com algum vírus. Porém, ela ressalta que não adianta não se prevenir e depois fazer exames porque a Aids, por exemplo, não tem cura.

Durante suas colocações, a enfermeira explicou que muitas doenças não têm sintomas duradouros e nem sempre a pessoa os identifica justamente por eles não se manifestarem ou desaparecerem depois de um curto período. Além disso, os sinais podem surgir em uma região difícil de serem identificados por conta própria, a exemplo do HPV que se manifesta, nas mulheres, no colo do útero.

Por fim, a enfermeira falou sobre a intervenção comportamental que se baseia na tríade composta pelo incentivo ao uso de preservativo, orientação sobre prevenção e encorajamento da realização de testes e exames para detecção de vírus ainda na fase inicial.

Além da enfermeira Christiane, a assistente social, Marise Marques, participou do evento de abertura que reuniu os funcionários da mineradora para receber orientações e discutir a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

 

Demais atividades

Ontem a nutricionista Rayla Reis Rufino falou sobre “O alimento bem mais que calorias” e, seguindo a proposta da campanha nacional do Sistema Unimed, Mude1Hábito, propôs escolhas alimentares diferentes daquelas que muitos adotam no dia a dia e que são prejudiciais à saúde.

Para tanto, ela coloca a necessidade de conhecer os alimentos e ter atitudes positivas no momento de decidir o que e como se alimentar. A intensão é sugerir a mudanças de hábitos que vão repercutir em melhoria da saúde e da vida de forma mais geral.

E para refletir sobre “Qualidade de vida”, a psicóloga Letícia Kelle Magalhães apresentou os conceitos, mensuração das informações que avaliam essa variável e como garantir a qualidade de vida. Dentre as dicas, está a adoção de hábitos saudáveis, cuidados com o corpo, alimentação equilibrada e relacionamentos saudáveis.

A psicóloga também abordou a questão do estresse e como isso afeta nossa vida e apresentou dois tipos de pessoas que ela dividiu em A e B. O primeiro grupo tem uma atitude mais “agressiva” em relação à vida e, dentre outras características, são aquelas pessoas ansiosas e estressadas e, por isso, têm maior probabilidade de desenvolver problemas cardíacos no futuro. Já aquelas do tipo B sabem ouvir e procuram se manter calmas e conseguem administrar melhor o tempo.

Além da enfermeira, participaram da palestra Marise Marques E para fechar o ciclo de palestras da SIPATMIN, na próxima sexta, o fisioterapeuta Alessandro Santos, abordará o tema “Ginástica Laboral”. A finalidade é levar informações sobre exercícios que melhoram a saúde e previnem doenças comuns no ambiente de trabalho devido à má postura e ao esforço repetitivo.

 

Christiane abriu o ciclo de palestras com a temática DST/Aids

 

Funcionários assistiram à palestra e tiraram dúvidas sobre as DST's