Cuidando de Quem Cuida

Cuidando de Quem Cuida

O cuidar é mais do que um ato singular ou uma virtude e pode ser entendido como um modo de ser, ou seja, a forma como o ser humano se estrutura e se realiza no mundo com os outros. O cuidado permite ir além do atendimento as necessidades básicas do ser humano, no momento em que este se encontra fragilizado.

O cuidador pode ser um familiar ou uma pessoa contratada (leiga ou um profissional da área de saúde (auxiliar/técnico de enfermagem). Ambos devem estar qualificados para desempenhar corretamente as atividades exigidas, sobretudo, devem ter ciência da função que estão assumindo e da importância dela. O compromisso de cuidar do outro desperta sentimentos profundos e pode promover ainda o autocuidado, a autoestima, a autovalorização e a cidadania de quem cuida. É uma via de mão dupla. Cuidar bem do outro só é possível se estivermos cuidando bem de nós mesmos.

Assim, também existem alguns pontos críticos encontrados na rotina dos atendimentos domiciliares, como por exemplo; baixo nível de conhecimento do cuidador em relação ao cuidado; desgaste físico e mental gerados pelo cuidado, geralmente unificado em um único cuidador sem apoio de familiares ou de um serviço de saúde; falta de motivação dos cuidadores decorrentes do desgaste do próprio trabalho; ausência de um processo permanente de educação em saúde voltado para o cuidador, diferentes culturas, saberes, entre outros. Pensando nisso o Serviço de Assistência Domiciliar (SAD) da Unimed de Sobral realiza um treinamento que visa a sensibilização e o direcionamento das atividades diárias para esse cuidador na admissão e um encontro anual com todos os cuidadores dos usuários incluídos no programa com intuito de realizar práticas e orientações visando as necessidades físicas, emocionais, sociais do cuidador em forma de oficinas e palestra, realizadas por uma equipe multidisciplinar composta por um médico, uma enfermeira, duas técnica de enfermagem, duas fisioterapeutas, fonoaudióloga, terapeuta ocupacional, profissional de educação física e nutricionista. A função de prevenir agravos à saúde deve abranger igualmente à figura do doente e do cuidador, e, para tanto, devem ser desenvolvidos programas a fim de prevenir sobrecarga e impacto emocional negativo que possam afetar a saúde e qualidade de vida de cuidadores.

Requisitos:

Pessoas com idade igual ou superior a 18 anos e que já desempenhe a função de cuidador de beneficiários da Unimed de Sobral.

 

Atenção Integral a Saúde – AIS

Rua: Padre Fialho, 229 – Centro

Telefone: (88) 3677-1650 – (88) 9 9448-9940

E-mail: aissobral@unimedsobral.com.br

Horário de funcionamento: 2ª a 6ª feira de 8h às 12h e 14h às 18h.