Voltar

Banco de Perucas da Unimed Oncologia

Banco de Perucas da Unimed Oncologia

Banco de Perucas da Unimed Oncologia apoia autoestima de mulheres em tratamento de câncer de mama.

Banco de Perucas da Unimed Oncologia

Banco de Perucas da Unimed Oncologia apoia autoestima de mulheres em tratamento de câncer de mama.

16 Outubro 2019

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil registrou, em 2019, mais de 59 mil casos de câncer de mama. O mês de outubro, marcado há anos pela campanha Outubro Rosa, chamando atenção para esses números, já apresenta resultados: o país está situado na segunda faixa mais baixa de mortalidade da doença. Em Cachoeiro de Itapemirim, a Oncologia da Unimed Sul Capixaba participa da campanha e lançou, na última quarta-feira, dia 9 de outubro, em parceria com o Núcleo Feminino Cooperativista, o Banco de Perucas destinado a mulheres que não têm condições de comprar o acessório.

O lançamento do Banco de Perucas aconteceu no Cozinha Origem, em Cachoeiro de Itapemirim, durante o evento Chá Rosa, quando foram apresentadas 25 peças confeccionadas com cabelos doados por médicas cooperadas, colaboradoras e voluntárias. As perucas foram confeccionadas com 5 quilos de cabelo doados numa campanha realizada no ano passado, quando foram promovidos cortes de cabelos gratuitos para arrecadação dos fios.

O Chá Rosa reuniu 80 pessoas, mobilizadas para apoiar as pacientes a passarem pela quimioterapia com mais qualidade de vida e menos impacto em sua autoestima. A professora Kelly Silotti foi paciente da Unimed Oncologia e contou seu relato. “Eu mostrei que é possível vencer o câncer. A doença vem com muitas expressões degradantes, como sofrimento, morte, mas, sem dúvidas, tem seus adjetivos: lição de vida, fortalecimento, valorização do que realmente importa e das coisas simples do dia a dia”, pontuou.

A coordenadora do Núcleo Feminino Cooperativista da Unimed Sul Capixaba, doutora Fabíola de Freitas Moraes, disse que a ideia é confeccionar mais perucas conforme a demanda for aumentando. Ela enfatizou que como as perucas serão emprestadas, as pacientes não poderão pintar ou cortar. “Quando a paciente não precisar mais do acessório, já que os cabelos começarão a crescer, ela irá repassar para que outra pessoa use”, ressaltou.

A verba arrecadada com a venda de ingressos do Chá Rosa será destinada à confecção de mais perucas, à manutenção das peças já produzidas e à compra de suplementos para pacientes em tratamento oncológico. Na ocasião também foram vendidas camisetas do Núcleo Feminino com a temática Outubro Rosa.

 

 

Clique aqui e confira mais fotos.