Voltar

Crianças internadas utilizam carrinho ele´trico

Crianças internadas utilizam carrinho ele´trico

Crianças internadas no Hospital Unimed agora vão de carrinho elétrico para o centro cirúrgico.

Crianças internadas utilizam carrinho ele´trico

Crianças internadas no Hospital Unimed agora vão de carrinho elétrico para o centro cirúrgico.

15 Janeiro 2020

Para proporcionar uma maior humanização no atendimento e dar ênfase ao Jeito de Cuidar da Unimed Sul Capixaba, o Hospital Unimed adquiriu um carro elétrico infantil, a fim de oferecer um momento mais lúdico para os pacientes que são levados ao Centro Cirúrgico. O carrinho, especialmente ambientado para os pequenos, é conduzido por um colaborador ou pela própria criança, estando disponível durante 24 horas.

O minicarro possui pedal, alavanca de câmbio e travas, e simula a marca BMW. A velocidade chega a aproximadamente 3km/h e pode ser controlado pelo volante ou por um controle remoto, sendo indicado para crianças a partir de três anos de idade, com até 30 quilos. A ação faz parte do Projeto Desejar, que realiza pedidos dos pacientes internados com o objetivo de reduzir o estresse causado, muitas vezes, pelo ambiente hospitalar.

Segundo o médico ortopedista Luciano Brasil, que já acompanhou pacientes durante a ida para a cirurgia no carro elétrico, a iniciativa é válida tanto para o momento que antecede o procedimento, quanto para o pós-cirúrgico. “Eu atendo muitas crianças com necessidades especiais, crianças, por exemplo, com paralisia cerebral, e o carro foi fundamental para acalmá-las, promover a integração e humanizar o ambiente do Centro Cirúrgico. As crianças realmente se beneficiaram bastante”, disse.

O diretor de Recursos Próprios, dr Gediel Teixeira Xavier, está feliz com os retornos que tem recebido dos pais. “O objetivo inicial era o de cuidar da criança e amenizar seu estresse. Mas, além disso, para nossa surpresa, este cuidado se estende aos pais, que têm elogiado a iniciativa por diminuir a apreensão do momento que antecede o procedimento a que a criança será submetida. O próprio ambiente do Centro Cirúrgico está mais tranquilo”, completou o médico.

Josiane Baptista é mãe de Nathan, de três anos de idade, cliente Unimed que passou por uma cirurgia de garganta e nariz no início do mês de dezembro e utilizou o carrinho elétrico no caminho até o centro cirúrgico. “Foi muito bacana esse carinho da Unimed com as crianças. Meu filho brincou, se empolgou e, sem dúvidas, isso ajudou muito no processo”, relata.

Betina, de quatro anos, passou por uma cirurgia de adenoide e tireoide e, de acordo com seu pai, Fabiano Caliman, o carrinho foi importante para descontrair nos momentos tensos que antecedem a cirurgia. Já Elissandra Fávero, mãe de Nicollas, de seis anos, conta que o filho estava muito ansioso, pois nunca havia passado por uma cirurgia. “Para ele aquele ambiente todo era muito novo. Quando viu o carrinho ficou encantado e esqueceu de tudo. Com certeza essa iniciativa ajuda muito a criança e também a nós, pais, que ficamos mais tranquilos em vê-los entrar no centro cirúrgico brincando”, ressalta.

O uso de carrinhos elétricos no ambiente hospitalar já é adotado em outros hospitais de referência no Brasil. A iniciativa também será levada para o novo Hospital Unimed, que começa a operar no primeiro semestre de 2020.