Voltar

Dia do Diabetes chama atenção para importância de prevenção e controle da doença

Dia do Diabetes chama atenção para importância de prevenção e controle da doença

Diabetes mata quatro vezes mais que Aids no Brasil, diz Ministério da Saúde

Dia do Diabetes chama atenção para importância de prevenção e controle da doença

14 Novembro 2012

O Dia Mundial do Diabetes, celebrado nesta quarta-feira (14) chama atenção para a importância da prevenção e controle da doença. Conforme levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (13), o diabetes mata quatro vezes mais pessoas do que a Aids e supera também o número de mortos em acidentes de trânsito no Brasil.

Os dados divulgados baseiam-se em números de 2010, quando cerca 54 mil morreram por consequência direta da diabetes. Outros 68,5 mil, aproximadamente, morreram de outras doenças, como câncer e problemas cardíacos, mas tinham a diabetes como um fator associado, que agrava o quadro dessas enfermidades. No total, foram registrados quase 123 mil óbitos de diabéticos. No mesmo período, cerca de 12 mil pessoas morreram em decorrência do HIV e em torno de 42 mil perderam a vida em acidentes de trânsito.

O diabetes é uma doença crônica resultante do desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue. Isso ocorre quando o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente (diabetes tipo 1) ou quando a insulina produzida pelo pâncreas não age adequadamente nas células do corpo devido a uma resistência do corpo à ação dela (diabetes tipo 2). Quando um destes problemas com a insulina ocorre, a glicose deixa de ser absorvida pelas células, o que provoca a elevação dos níveis de glicose no sangue.

Sintomas
A principal característica do diabetes é a hiperglicemia (elevação dos níveis de glicose no sangue), que pode se manifestar por sintomas excesso de urina, aumento de sede e apetite, perda de peso e visão turva. Esses sinais e sintomas são mais evidentes no diabetes tipo 1. O diabetes tipo 2 em geral é mais “silencioso” e é mais comum entre os adultos. Conhecer a doença é fundamental para preveni-la.

>>> Confira a cartilha de saúde Diabetes e saiba mais 

Cuidados com o pé diabético
O pé do diabético exige cuidados específicos de limpeza e higienização. É importante mantê-lo seco e hidratado para evitar a formação de feridas, que podem levar a amputação do membro.
Confira o vídeo com dicas e orientações do Ministério da Saúde sobre como cuidar do pé diabético.

Repórter: Francine Cadore / Designer: Pabla Vieira

Fonte: Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira do Diabetes e International Diabetes Federation

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (0 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em