Voltar

COMUNICADO HOSPITAL SÃO DOMINGOS

COMUNICADO HOSPITAL SÃO DOMINGOS

COMUNICADO HOSPITAL SÃO DOMINGOS

5 Fevereiro 2021
O Hospital São Domingos, em Uberaba (MG), que tem sido uma referência no atendimento de pacientes com COVID-19 para toda a região, atingiu 100% de ocupação em leitos destinados a pacientes em tratamento do Coronavírus, nesta sexta-feira, 05 de fevereiro. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foi ampliada, mas continua crescente a procura no pronto atendimento com uma média de 150 pessoas ao dia com síndrome gripal.

 

Médicos foram contratados para reforçar as equipes e um corpo clínico especializado está pronto para o atendimento de cirurgias de urgência, emergência, oncológicas e partos. Há vagas disponíveis para contratação de técnicos, mas falta mão de obra. Outra questão é que apesar de todas as medidas de segurança adotadas e a disponibilização de um psicólogo para acompanhar os colaboradores, a pandemia tem provocado muitos impactos e o número de afastamentos médicos, por questões emocionais, mais do que dobrou em relação ao ano passado.

Na área de isolamento trabalham dia e noite mais de 100 pessoas: Técnicos de Enfermagem, Enfermeiros, Fisioterapeutas, Psicólogos, Assistente Social, Fonoaudiólogo, Higienizadores, Nutricionistas, Técnicos de Farmácia, equipes administrativas para produção de documentos necessários, equipes de manutenção, especialistas em Tecnologia da Informação, Médicos de várias especialidades, além de intensivistas e infectologistas.

A atenção com as equipes se reforça com a vacinação dos profissionais de saúde. Todas as regras foram cumpridas rigidamente e os protocolos instituídos pela Secretaria Municipal de Saúde e o Ministério da Saúde seguidos à risca. O Hospital São Domingos disponibilizou as informações para as autoridades constituídas, cumprindo o que exige a lei número 13.709 quanto à proteção de dados pessoais.

Todos os profissionais de saúde e os pacientes internados são diretamente acompanhados pelos especialistas do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar e do Núcleo de Segurança do Paciente. Desde a admissão até a alta é feita uma assistência de alta qualidade. Após a desospitalização, equipes preparadas continuam o cuidado por meio de monitoramentos e, se necessário, atendimentos domiciliares.

Está sendo feita uma força tarefa e uma dedicação superior para manter os estoques de insumos. Foram comprados equipamentos de última geração. Foram adquiridos ventiladores mecânicos pulmonares, ventiladores de Alto fluxo, monitores cardíacos multiparamétricos, ultrassom portátil, colchões pneumáticos para prevenção de lesão por pressão, monitor de telemetria para acompanhamento hemodinâmico dos pacientes, carro de emergência equipado com desfibrilador/cardioversor, marcapasso cardíaco temporário, cilindros de oxigênio, ventilador de transporte e eletrocardiograma.

 

Todos os dias são feitas auditorias internas e treinamentos de atualização. Os fluxos distintos na unidade hospitalar são controlados. Os familiares recebem acolhimento e boletins médicos diariamente às 16 horas. Um setor de relacionamento com o cliente foi criado para que sugestões, reclamações e elogios sejam documentados adequadamente e providências sejam tomadas com sinergia e rapidez quando necessário. 
 
Hospital São Domingos

Fabiana Silbor