Voltar

DEBATES ACADÊMICOS

DEBATES ACADÊMICOS

Promed Medicina Diagnóstica valoriza médicos e médicas com a criação de projeto inédito e investe em inovação e tecnologia.

DEBATES ACADÊMICOS

Promed Medicina Diagnóstica valoriza médicos e médicas com a criação de projeto inédito e investe em inovação e tecnologia.

5 Novembro 2020

Visando a troca de experiências entre médicos, médicas, especialistas e o estudo permanente para diagnósticos inovadores, a Promed Medicina Diagnóstica criou o programa “Debates Acadêmicos” promovendo um projeto de valorização dos médicos e da das médicas, atuando para melhorias contínuas aos pacientes.

A primeira edição destacou o importante trabalho desenvolvido por ortopedistas na prevenção e na cura. Devido à pandemia as reuniões tem um número reduzido de participantes e serão feitas mensalmente. O Médico Cooperado, Doutor Constantino Calapodopolus, que também, coordena atividades de melhoria contínua, na Promed, foi o primeiro a debater um caso. A discussão foi produtiva e promoveu entre os participantes uma série de oportunidades e apontamentos. O fim do evento é marcado por apresentação de sugestões para ampliar a excelência no atendimento. Todas as iniciativas farão parte de um estudo para melhores práticas na Promed Diagnósticos.

Os estudos de caso evidenciam o cuidado com a assistência e o permanente estudo dos especialistas numa área dinâmica como a saúde. Com necessidade de atualização constantes, a prática da medicina baseada em evidências é ponto alto na Promed Diagnósticos e a definição por contribuir com a atuação sobre o que de melhor em termos de novas confirmações científicas é uma demonstração de valor das médicas e dos médicos, na edificação de uma cultura personalizada e centrada em cada paciente.

A Promed Medicina Diagnóstica tem feito investimentos significativos com a contratação de especialistas e a compra de modernos equipamentos de imagem. Os novos aparelhos de ressonância magnética e tomografia oferecem o que há de mais atual nesse segmento. Os modernos equipamentos  já estão em funcionamento e beneficiam os pacientes com exames menos invasivos, mais seguros, com maior conforto e alta tecnologia.


Fabiana Silbor