Voltar

Benef´ícios da fisioterapia

Benef´ícios da fisioterapia

Benef´ícios da fisioterapia

31 Julho 2019

A fisioterapia é comumente associada aos exercícios necessários após lesões musculares, cirurgias ou recomendados para pessoas idosas, mas, na verdade, a área é muito mais ampla e capaz de atender diversos quadros, sejam eles para tratar condições físicas pontuais ou persistentes. É por isso que a Unimed Vale do São Francisco oferece atendimento especializado também para crianças. No Núcleo de Terapias da Unimed um trabalho especial é feito com o foco na autonomia e independente de crianças com patologias diversas.

O objetivo é dar essa autonomia paras que as crianças consigam explorar suas potencialidades em todos os âmbitos da vida, seja no meio escolar, familiar e socialmente.  O trabalho é feito através da a estimulação precoce das crianças que tenham alguma patologia neurológica como atraso em desenvolvimento, paralisia cerebral, autismo, síndrome de down ou ainda com crianças prematuras sem nenhuma patologia.

O atendimento feito de forma individualizada também preconiza o trabalho multidisciplinar e em grupo, modo que garante maior interação e sociabilidade.  “Assim que a criança chega para nós, fazemos uma avaliação para saber como será feito o trabalho com ela, podendo ser utilizadas técnicas de reabilitação motora, estimulação precoce, sensorial, cognitiva de modo que conseguimos trabalhar todos os aspectos da criança desde o desenvolvimento psicomotor para conseguir a maior Independência com a criança”, explicou a fisioterapeuta Paula Gabriela Ferreira.

De acordo com especialistas quanto mais cedo o acompanhamento especializado é iniciado, melhor é a evolução  gente começa a intervenção com as crianças melhor e prognóstico da criança. A maior diferença entre crianças que têm acesso ao atendimento precoce das que levam mais tempo, é provavelmente, a demora pela independência e autonomia.

No Núcleo de Terapias também é realizado, em paralelo ao trabalho feito com a criança, orientação aos pais, familiares e cuidadores. O objetivo é garantir que as atividades sejam continuadas também na casa do paciente.


Texto: Juciana Cavalcante - DRT 4547

Fonte: Ascom