Voltar

Como prevenir o Infarto Agudo do Miocárdio

Como prevenir o Infarto Agudo do Miocárdio

Como prevenir o Infarto Agudo do Miocárdio

10 Junho 2016

Infarto Agudo do Miocárdio!

Na coluna de hoje, a cardiologista da Unimed Vale do São Francisco, Elisandra de Sousa Alves, fala sobre o Infarto Agudo do Miocárdio, uma das doenças mais perigosas ligadas ao coração. Confira abaixo as informações.

 

O que é Infarto Agudo do Miocárdio?

O Infarto Agudo do Miocárdio é uma condição clínica decorrente da obstrução aguda de algum dos vasos do coração (coronárias) ocasionando a morte (necrose) de parte do músculo cardíaco.

 

Qual a causa?

Essa obstrução na maioria das vezes é por formação de coágulos (trombos) no interior de um vaso após ruptura de uma placa de gordura. As placas de gordura associadas à inflamação caracterizam uma doença chamada aterosclerose e ela é a principal responsável pelos eventos de infarto agudo do miocárdio.

 

Quais os sintomas?

O sintoma mais marcante é a dor no peito, também chamada de angina pectoris, que vem associada a outros sintomas como sudorese, desconforto respiratório, náuseas e dor no braço esquerdo.

 

Qual o tratamento?

O tratamento é principalmente a desobstrução do vaso que pode ser através de angioplastia primária, que é o cateterismo cardíaco e o implante de um stent nesse vaso ou utilização de medicamentos trombolíticos que dissolvem esse trombo. O paciente permanece em cuidados intensivos e com utilização de medicações que previnem um novo infarto e auxiliam a recuperação do músculo cardíaco que sofreu. 

 

Qual a prevenção?

A prevenção está principalmente em reduzir os fatores geradores da aterosclerose, ou seja, evitar o tabagismo, controlar a hipertensão, os níveis glicêmicos (diabetes) e os lipídeos do sangue (colesterol e triglicerídeos). Existem os fatores que não podemos modificar tais como o aumento da idade e os antecedentes familiares (genético), mas nesses casos redobramos os cuidados com avaliações clínicas mais rotineiras e controle mais rigoroso dos fatores modificáveis.

 

Quais seus conselhos para a população a respeito desta doença?

Manter hábitos de vida saudáveis e evitar o tabagismo, o sedentarismo e o estresse excessivo. Fazer acompanhamento médico regular visando o diagnóstico precoce e controle de doenças crônicas como a hipertensão arterial sistêmica, o diabetes mellitus e a dislipidemia. O que oriento também aos pacientes é que quando sentirem dor no peito e esta gerar dúvida, procurar atendimento médico para melhor esclarecimento. 

 

Elisandra de Sousa Alves

Cardiologista

CRM: 16904 PE / 24658 BA

 

Local de Atendimento:

 

Clínica LifeCenter Saúde Integrada

Avenida Cardoso de Sá, 312 - Orla, Vila dos Ingás - Petrolina/PE,

Telefone (87) 3861-0443 – (87)3864-2830

 

Hospital Unimed em Juazeiro

Rua Allan Kardeck, 409, Santo Antônio, Juazeiro-BA.

Telefone: (74) 3614-7400

Teste Ergométrico 


Ascom - Unimed VSF

Fonte: Ascom