A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) elaborou a Pesquisa de Satisfação dos Beneficiários que as operadoras de planos de saúde podem divulgar para seus clientes. A participação é voluntária e pode ser feita para obter pontuação no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar – IDSS.

O questionário busca verificar informações relacionadas à atenção à saúde e ao relacionamento com o beneficiário, que deve responder a três blocos de questões: Atenção à Saúde, Canais de Atendimento da Operadora e Avaliação Geral. As perguntas incluem, por exemplo, se o beneficiário foi atendido quando fez alguma reclamação, se recebeu algum tipo de comunicado esclarecendo sobre a necessidade de realização de consultas e exames preventivos, a frequência com que utilizou o plano, entre outras.

 

2017 - 2018

Pesquisa de Satisfação 2017

Parecer Auditoria Independente

2018 - 2019

Pesquisa de Satisfação 2018

Parecer Auditoria Independente

Relatório Auditoria Independente

Índice de Desempenho da Saúde Suplementar – IDSS 


O Programa de Qualificação de Operadoras (PQO), iniciativa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), é um instrumento que permite a avaliação anual do desempenho de operadoras de planos de saúde - por meio de um conjunto de indicadores - com o objetivo de aferir o desempenho global das empresas que atuam no mercado.
Os resultados do Programa de Qualificação das Operadoras são traduzidos pelo Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), calculado a partir de indicadores definidos pela ANS, com base nos dados extraídos dos sistemas de informações gerenciais da Agência ou coletados nos sistemas nacionais de informação em saúde. 
Desde 2015, diversas iniciativas foram tomadas visando a tornar o Programa mais atual e mais conectado às outras iniciativas de estímulo à qualidade, que vêm sendo desenvolvidas no âmbito da Agência. A reavaliação do PQO resultou na publicação da Resolução Normativa (RN) nº 386, de 9 de outubro de 2015, reformulando o escopo do Programa e alterando as suas 4 (quatro) dimensões de avaliação: 
• Qualidade em Atenção à Saúde
• Garantia de Acesso
• Sustentabilidade no Mercado
• Gestão de Processo e Regulação
Fonte: adaptado de Relatório da Qualificação das Operadoras 2017 - ANS

O uso do Padrão de Troca de Informações na Saúde Suplementar (TISS) como fonte de dados para o processamento dos indicadores do IDSS, a partir do ano base 2017, marcou uma nova etapa do Programa, possibilitando a ampliação do escopo e permitindo a introdução de novos indicadores e de ajustes de outros. Dessas forma, a metologia do Programa IDSS - TISS gera resultados que não são totalmente comparáveis com a metodologia anterior.

 

 

Ano Base 2017.(clique para conhecer o resultado da Unimed Vale do São Francisco)

 

Acesse aqui o Programa no site da ANS